Aretha Franklin é homenageada com Pulitzer póstumo

Cantora do soul recebeu prêmio por “contribuição para a música e cultura americana durante mais de cinco décadas”

Aretha Franklin recebeu um Pulitzer póstumo por sua “contribuição para a música e cultura americana durante mais de cinco décadas”. A cantora considerada rainha do soul morreu em agosto de 2018, aos 76 anos, devido a uma grave doença.

Em 1987, ela se tornou a primeira mulher a fazer parte do Rock & Roll Hall of Fame, quando recebeu o apelido de rainha do soul. O repertório é composto por clássicos, como I Say A Little Prayer, Respect e You Make Me Feel Like. As faixas renderam a Aretha 18 estatuetas do Grammy.

Com esse feito, a artista tornou-se a segunda cantora a possuir mais prêmios do festival musical, atrás apenas de Alison Krauss. Ao todo, são 18 troféus competitivos e três honorários. Aretha teve carreira de 62 anos e sua última apresentação pública ocorreu em agosto de 2017.

Mais notícias