Aos 74 anos, morre crítico de cinema e comentarista Rubens Ewald Filho

Rubens era dono de uma memória singular e impressionava nas transmissões do Oscar

Rubens Ewald Filho morreu nesta quarta-feira aos, 74 anos, no Hospital Samaritano, em São Paulo. O crítico de cinema e comentarista do Oscar lutava pela vida desde maio quando foi internado após sofrer um desmaio e cair de uma escada rolante de um shopping.

De acordo com O Globo, Rubens era dono de uma memória prodigiosa e impressionou milhões de telespectadores nas transmissões da cerimônia do Oscar quando relatava diversos nomes de artistas ligados ao cinema e seus respectivos currículos.

O noticiário ainda lembrou que a versatilidade do crítico ficou comprovada na variedade de funções que exerceu ao longo do tempo. Na crítica, terreno em que obteve maior repercussão, escreveu sobre os lançamentos em salas de cinema e também em vídeo, DVD e TV. Levou seu patrimônio cinematográfico para a Globo, Cultura e o mundo da TV por assinatura (HBO, Telecine, TNT). Esteve à frente de alguns dos mais relevantes festivais de cinema do Brasil – como consultor do Projeto Paulínia Magia do Cinema / Polo de Cinema e curador dos festivais de Gramado e Paulínia.

Mais notícias