‘A Fazenda’: funcionário é demitido após chamar peoa, Sabrina Paiva, de macaca

A emissora havia sido pressionada pelos internautas e assessoria da modelo

A edição deste ano de “A Fazenda”, reality show da Record, está cheia de polêmicas. Na terça-feira (05), a participante Sabrina Paiva disse ter sofrido racismo por parte dos funcionários da emissora.

A modelo relatou aos outros peões que ouviu alguém falando “Senta aí Macaca” enquanto esperavam o apresentador entrar ao vivo no programa. Alguns dos participantes se pronunciaram de imediato, repudiando o ato preconceituoso.

Após repercutir na internet, a emissora de TV identificou o autor do racismo e demitiu. “[A empresa] identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente”, diz a nota enviada à imprensa.

A assessoria da modelo já havia entrado com um pedido de esclarecimento no Ministério Público de São Paulo, para que a Record se posicione.

“Buscando assegurar os direitos e garantias individuais de Sabrina Paiva e de todos os brasileiros que hoje, em pleno século XXI, sofrem com o preconceito ou violência racial, que muitas vezes são propagadas de forma velada, estaremos comunicando o Ministério Público do Estado de São Paulo para que sejam adotadas todas as medidas judiciais cabíveis para punição do autor da ofensa”, declaração da nota.

Alguns internautas estão compartilhando o momento exato em que a peoa sobre o racismo.

Mais notícias