Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Hacker que vazou nudes de Jennifer Lawrence é sentenciado a 8 meses de prisão

Quatro anos após o crime, George Garofano foi condenado

George Garofano foi condenado a 8 meses de prisão em regime fechado na última quarta-feira (29) por ter divulgado em 2014 fotos íntimas da atriz Jennifer Lawrence. Segundo o Tribunal Federal em Bridgeport, EUA, o hacker também terá que cumprir 3 anos de liberdade condicional e realizar 60 horas de serviço comunitário.

Entre abril de 2013 e outubro de 2014, Garofano hackeou mais de 240 contas do iCloud, algumas delas, de nomes conhecidos, como Kate Upton, Ariana Grande e Kirsten Dunst. No caso da então protagonista de “Jogos Vorazes”, imagens íntimas nas quais a atriz aparecia completamente nua foram parar nas redes sociais.

De acordo com o TMZ, o hacker chegou a se declarar culpado revelando, inclusive, como conseguia obter acesso às contas privadas. O homem de 26 anos se apresentava como membro de segurança online da Apple para obter o login e a respectiva senha dos usuários.

Em entrevista à revista Vanity Fair, a atriz desabafou sobre o acontecimento poucos meses após o crime. “Só porque sou uma figura pública, só porque sou atriz, não significa que pedi isso. É o meu corpo, e deve ser a minha escolha [mostrá-lo], e o fato de não ser minha escolha é absolutamente repugnante. Eu não posso acreditar que vivemos nesse tipo de mundo. As pessoas esquecem que somos humanos“, ressaltou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...