Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Ariana Grande tem seios apalpados por pastor em funeral de Areta Franklin e religioso pede desculpas

O pastor Charles H. Ellis III, que apalpou o seio de Ariana Grande após a apresentação da cantora no funeral de Aretha Franklin em Detroit, na sexta-feira (31), desencadeando uma onda de indignação e críticas na internet, se desculpou em declarações à agência de notícias Associated Press.

“Nunca seria minha intenção tocar o peito de nenhuma mulher… Não sei, acho que coloquei meu braço em torno dela. Pode ser que eu tenha avançado o sinal, talvez eu tenha sido amigável demais ou íntimo demais, mas eu me desculpo”, afirmou.

Capturado pelas lentes das câmeras num evento transmitido ao vivo, o momento ganhou rapidamente repercussão no Twitter, com usuários da rede utilizando a hashtag #RespectAriana ao lado da imagem em close.

“Respect” (1967) foi a canção que projetou definitivamente Aretha Franklin, conhecida como a Rainha do Soul, e consolidou sua imagem no apoio à luta pelos direitos civis nos Estados Unidos. Em homenagem a Aretha Franklin, Ariana Grande cantou outro de seus grandes sucessos: “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman.”

Confira o vídeo:

O pastor ainda afirmou que abraçou “todos os artistas, homens e mulheres” que se apresentaram durante a cerimônia, que durou oito horas. “Eu apertei a mão e abracei todo mundo que estava lá, porque é assim que se faz na igreja. Nós todos estamos voltados ao amor.” Ele disse também que não gostaria de se tornar “uma distração nesse dia”, dedicado à memória de Aretha Franklin.

Ellis se desculpou com Ariana Grande, com seus fãs e com a comunidade hispânica também pela forma como ele a apresentou, comentando que, ao ter visto seu nome na relação dos artistas que homenageariam Aretha ele pensou tratar-se de um novo item no menu da rede de lanches mexicanos Taco Bell.

Aretha Franklin morreu em consequência de um câncer no pâncreas, aos 76 anos, no último dia 16.

Comentários
Carregando...