Site diz que Jennifer Garner cancelou divórcio com Ben Affleck por estar grávida

Segundo site, ela planeja reconciliação

Jennifer Garner e Ben Affleck podem ter decidido paralisar o processo do divórcio. De acordo com site "Radar Online", a atriz desistiu de se separar do ator após descobrir que está gravida dele. “A Jen não poderia estar mais feliz. Tudo o que ela sempre quis era que o Ben parasse de beber e sair à noite”, disse uma fonte próxima ao casal.

Jennifer Garner e Ben Affleck anunciaram a separação no dia 30 de junho de 2015, ao fim de dez anos de casamento. O motivo apontado pela mídia internacional para o divórcio teria sido o vício de Ben em bebidas, jogos de azar e um possível relacionamento entre ele e a babá do casal.

Desde que anunciaram a separação, Affleck continuou seu estilo de vida festeiro. No início de agosto, ele foi flagrado saindo de uma festa em Londres com sua camisa desabotoada e a calça com zíper aberto.

“Quando a Jennifer disse que estava tudo acabado, ela nunca quis realmente o divórcio”, contou a mesma fonte. Recentemente, o casal tem sido fotografado junto e deixa claro uma reaproximação.

Ben Affleck chegou a dar um anel de diamantes para Jennifer como prova de uma provável reconciliação, e foram votar juntos nestas últimas eleições presidenciais norte-americanas.

Os amigos dos atores falam mesmo nos planos de Garner em renovar os votos de matrimónio. Jennifer Garner e Ben Affleck são pais de Violet, de 10 anos, Seraphina, 7, e Samuel, com 4.

Mais notícias