Com julgamento marcado para 2017, ex-BBB Laércio pode pegar até 68 anos de prisão

Ex-brother está preso em Curitiba

Preso na Casa de Custódia de Curitiba, no Paraná, desde maio deste ano, o ex-BBB Laércio, acusado de estupro de vulnerável e tráfico de drogas, pode pegar até 68 anos de prisão. O julgamento, no entanto, deve acontecer em 2017. "O Laércio está bem. O julgamento está previsto para o ano que vem, mas ainda não tem data certa. Ele está aguardando a decisão do juiz. A família está confiando na absolvição dele", disse o advogado Ronaldo Santiago ao portal Purepeople nesta terça-feira (22).

Em setembro, uma suposta vítima prestou depoimento e foi ouvida pelo juiz responsável pelo caso. O designer de tatuagens, entretanto, não foi interrogado na audiência. "Foram só alguns depoimentos da suposta vítima, do pai dela e de testemunhas do Laércio, que são os porteiros do prédio dele. Como a menina afirma que foi à casa do Laércio, os funcionários do prédio foram depor em defesa", explicou o representante de Laércio na ocasião.

Santiago, inclusive, chegou a pedir que seu cliente respondesse ao processo em liberdade, mas teve o pedido negado pelo MP por se tratar de crime inafiançável. Apesar de investigações apontarem que Laércio manteve relacionamento com uma menina de 13 anos, em 2012, o tatuador afirmou ser inocente. "Ele negou todas as acusações", contou a assessoria da Polícia Civil.

Mais notícias