Camila Queiroz relembra reação do namorado após beijo em Luan Santana

Cantor e atriz se beijaram em '1977'

A gravação do beijo entre Camila Queiroz e Luan Santana, na gravação do DVD "1977", aconteceu no mês agosto, mas até hoje o selinho tem grande repercussão. Na época, já vivendo um romance com Klebber Toledo, antes de assumir o relacionamento publicamente, a atriz lembra que namorado não sentiu ciúmes.

"Acho que não foi ciúmes, acho que ele não esperava, assim como eu não esperava, mas não é ciúmes não. Ele entendeu, também trabalha com isso, então ele entende que quando a gente está trabalhando estamos exercendo nosso lado profissional e não é o que nosso coração quer fazer", explicou ao "TV Fama".

Assim como o sertanejo, Camila também conta que a ideia do beijo foi da diretora: "Foi no final do vídeo. Ela falou que cada clipe foi finalizado de uma forma e, eu e ele, estávamos de testa juntinha. No último take, ela disse que ele estava finalizando como terminou com a Anitta, aí eu falei 'vish Maria, agora já era', porque imaginei que ia dar toda repercussão que deu".

Mas antes de rolar o beijo, a protagonista, que interpretará uma carioca, da novela "Pega Ladrão" afirma que pensou antes de agir. "Eu falei 'cara, acho que tem um pouco haver com a música já estamos entregue nesse trabalho, vamos tentar'. Foi só um segundo, só uma vez. Não deu 10 minutos e já estava na internet", recordou.

Mais notícias