Ana Hickmann sofre tentativa de homicídio em hotel de luxo em Belo Horizonte

Segundo a PM, um fã armado foi morto por cunhado da apresentadora

 

Um homem foi morto após invadir o hotel onde estava a apresentadora de televisão Ana Hickmann, na tarde deste sábado (21), na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O cunhado da apresentadora, Gustavo Correa, irmão do marido Alexander Correa, é suspeito de matar a tiros o suposto fã durante uma briga. A mulher do cunhado, que também é assessora, foi baleada. O fã, que não foi identificado, estava armado.

As primeiras informações da ocorrência davam conta de uma possível briga de casal, com uma mulher ferida e um homem morto por outro homem. No primeiro momento, as relações entre eles não foram esclarecidas pela polícia.

Durante a briga, a cunhada e assessora da apresentadora, Giovana Oliveira, foi baleada. Ela foi socorrida ao Hospital Biocor. A unidade de saúde disse que não confirma informações sobre pacientes. Segundo fontes, Ana Hickmann não se feriu.

Por volta das 17h15, o hotel Caesar Business divulgou uma nota sobre o ocorrido. Segundo o hotel, a apresentadora seria a vítima do suposto fã. "A rede Caesear Business confirma que a apresentadora Ana Hickmann foi vítima de um suposto fã na tarde desse sábado, 21 de maio, na unidade Belvedere, em Belo Horizonte. A apresentadora passa bem. O hotel lamenta ter sido local do ocorrido e afirma que está contribuindo para as investigações junto às autoridades", disse o comunicado.

A reportagem não conseguiu contato com a equipe da apresentadora, que está na capital mineira para um evento de moda e aguarda resposta também da rede de televisão Record, onde Ana Hickmann trabalha.

Mais notícias