Ana Hickmann critica decisão do MP de denunciar cunhado: “Indignação”

Apresentadora fez um post em seu Instagram

fez um post em seu Instagram na manhã desta sexta-feira (8) após o Ministério Público de Minas Gerais denunciar seu cunhado, Gustavo Henrique Bello Correa por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Na postagem, a apresentadora fala sobre indignação.

“Bom dia #família”, escreveu na legenda de uma imagem que traz a definição da palavra indignição, como em um dicionário. "Revolta; sentimento de oposição, de cólera, provocado por uma circunstância injusta, indigna ou revoltante: a indignação do povo diante do preço (…). P. ext. Raiva; excesso de ódio: a indignação provocada pela corrupção".

Na denúncia, que foi entregue nesta quinta-feira (7), o argumento é de que, embora Correa estivesse em situação de legítima defesa, excedeu essa condição e praticou o ato de homicídio doloso, por conta dos três tiros que foram constatados na nuca de Rodrigo de Pádua, fã que atacou a apresentadora.

Apresentadora fez um post em seu Instagram (Reprodução/Instagram)

 

Entendo o caso

Ana Hickmann critica decisão do MP de denunciar cunhado: "Indignação" foi alvo de uma tentativa de homicídio na tarde de sábado (21), em Belo Horizonte. Na capital mineira para lançar sua coleção de roupas, a artista teve o quarto de seu hotel, no bairro Belvedere, invadido por um homem armado.

O homem, identificado como Rodrigo Augusto de Pádua e que seria fã da apresentadora, tentou atirar em Ana, mas atingiu sua assessora, Giovana Oliveira, com dois tiros – no braço e na barriga. Ela foi levada para o hospital e submetida a uma cirurgia. O atirador acabou desarmado e morto por Gustavo Henrique Corrêa, que, segundo , foi rendido por Rodrigo momentos antes e obrigado a mostrar onde era o seu quarto.

Ana Hickmann critica decisão do MP de denunciar cunhado: "Indignação"
Mais notícias