Publicidade

Com entrada gratuita, Mostra Cerrado Abierto terá espetáculos, oficinas e rodas de conversa

De 25 a 28 de outubro, Campo Grande será palco da 2ª edição da Mostra Cerrado Abierto. Com programação totalmente gratuita, o evento trará apresentações de dança, exibições de videodanças, oficinas e rodas de conversa, e as atividades serão realizadas no Marco (Museu de Arte Contemporânea), Parque das Nações Indígenas e no SESC Cultura.

Na primeira edição, realizada em agosto de 2016, cerca de 2 mil pessoas marcaram presença no evento. Norteado por três frentes de atuação, o fazer artístico, a fronteira e a formação, a Mostra Cerrado Abierto chega à segunda edição ampliando as fronteiras aos países da América do Sul. Junto a profissionais de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Pernambuco, participam artistas do Chile e da Argentina.

O objetivo da mostra é aproximar artistas da dança contemporânea sul-mato-grossense com artistas da região do bioma Cerrado Brasileiro e dos países sul-americanos e criar uma rede de difusão da dança para além das fronteiras. Dar ao público a oportunidade de apreciar a dança, o talento e a expressão de grupos nacionais e internacionais.

Aprender e compartilhar

Com o propósito de promover a capacitação, o compartilhamento de experiências e conhecimentos, várias oficinas serão realizadas durante a mostra, conduzidas por artistas renomados da área. Para bailarinos e atores, no dia 25, das 10h às 13 horas, no Sesc Cultura, acontece a oficina ‘Prática Somática e Improvisação Embrionária’ com Maria Elvira Machado (RJ).

No dia 26 serão realizadas duas oficinas, ambas na arena do Marco. Para bailarinos e atores, das 8h às 12 horas, acontece a oficina ‘Composição Coreográfica para Espaços não Convencionais’ com Sandra Acevedo (Chile). E para o público em geral, das 16h30 às 18h30, a oficina ‘Superficial’ com Cia ETC (PE).

No sábado (27), das 9h às 12 horas, na arena do Marco, acontece a oficina ‘A Escrita do Corpo’ com Maurício de Oliveira (SP), voltada para bailarinos e atores. Das 14h às 16h30, ainda no museu, será realizado o Café com Arte, uma roda de conversa com artistas convidados e Fabiano Carneiro/Iberescena. E das 16h às 18 horas, no Sesc Cultura, será realizada uma oficina especialmente para crianças (a partir de 4 anos) com Jackeline Mourão (MS).

No domingo (28), das 8h às 12 horas, na arena do Marco, acontece a oficina ‘Temperamentos em Dança’ com Paula Bueno e Ana Mundim (MS e CE), para o público em geral.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pela fanpage da Arado Cultural ou pelo link www.goo.gl/forms/z3AhSlP08MIAO4OR2, até 22 de outubro.

Espetáculos

Artistas e companhias de diferentes estados brasileiros e países sobem ao palco durante a Mostra Cerrado Abierto. No dia 25, a partir das 19 horas, no MARCO, acontece a abertura oficial com vídeo instalação e apresentação do espetáculo ‘Pra Você’, com Cia do Mato (MS) e classificação livre. Em seguida, às 20 horas, o Coletivo em Fluxo (RJ) apresenta ‘Linha Primitiva’, para maiores de 14 anos.

Na sexta-feira (26), às 19 horas, Sandra Acevedo (Chile) apresenta o espetáculo ‘Em este lugar’. Depois, às 20 horas, a Cia Dançurbana (MS) apresenta ‘Plagium?’. Os dois espetáculos têm classificação livre e acontecem no MARCO.

No sábado (27), às 16h30, a Cia ETC (PE) encena ‘Os superficiais’, no Parque das Nações Indígenas, com classificação livre. Depois, às 19 horas, no MARCO, Sandra Acevedo (Chile) apresenta ‘In Ex Ora Ble’, com classificação livre. Finalizando o dia, às 20 horas, também no MARCO, a Cia Siameses (SP) apresenta ‘Jardim Noturno’, para maiores de 12 anos.

Na tarde de domingo (28) as atividades acontecem no Parque das Nações Indígenas: às 16 horas haverá uma roda de Danças Circulares e Jam Session e, às 17 horas, os artistas Ralfer Campagna e Jackeline Mourão (MS) apresentam o espetáculo-intervenção ‘Deriva’, com classificação livre. A programação da mostra será encerrada de noite com dois espetáculos no MARCO: às 19 horas Paula Bueno e Ana Mundim (MS e CE) apresentam ‘Cartas abertas ao desejo’, com classificação livre, e, às 20 horas, Laura Figueiras e Carla Rímola (Argentina) encenam ‘Acto Blanco’, para maiores de 16 anos. Em todos os dias, sempre às 18 horas, haverá mostra de videodança na fachada do MARCO.

A Mostra Cerrado Abierto está sendo realizada pela Arado Cultural e tem o incentivo do FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural), da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), da Prefeitura Municipal de Campo Grande. Conta com o apoio da SECC (Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania), FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), Múltiplo Ateliê, Festival Cena Cumplicidades e Sesc Cultura.

Serviço

A Mostra Cerrado Abierto acontece de 25 a 28 de outubro, com programação totalmente gratuita, no Marco, Parque das Nações Indígenas e Sesc Cultura, em Campo Grande.

Mais informações pelo site www.cerradoabierto.com.br, na fanpage da Arado Cultural (www.facebook.com/aradocultural/) e pelo telefone (67) 9 9287-6433.