Risoto de Gorgonzola: receita italiana que pode ser feita em casa

O tempo de cozimento do arroz e o preparo do caldo são fundamentais para o risoto perfeito

O risoto é uma das receitas mais tradicionais da Itália, mas nem todo mundo sabe fazer. Para preparar esta iguaria, é preciso tomar certos cuidados, como o tempo de cozimento do arroz e o preparo do caldo. O risoto mais famoso da Itália, “Risotto Alla Milanese”, foi criado em Milão, no ano de 1574, pelas mãos do mestre Valério de Fiandra, responsável pelos vitrais da catedral Duomo di Milano.

Reza a lenda que o mestre Valério, por ciúmes da filha, deixou cair um pedaço de açafrão no risoto, durante os preparativos do casamento dela. Assim, sua intenção seria estragar o almoço da festa. Outros acreditam que o mestre Valério usava o açafrão em seus vitrais para criar uma pigmentação amarelada, e num pequeno descuido, durante o intervalo para almoço, deixou cair um pouco de pigmento em sua comida, criando o risoto.

O risoto chegou ao Brasil em meados do século XIX, trazido por imigrantes italianos. Como os brasileiros são extremamente criativos, o prato foi ganhando ingredientes próprios, como: carnes, crustáceos, frango, pato, queijos, etc. No entanto, até a década de 80, o risoto comum, no Brasil, era chamado de “arroz de forno”.

Confira receita e o modo de preparo abaixo:

Ingredientes (1 porção)

40g de manteiga com sal
3 colheres de sopa de cebola picada
2 xícaras de arroz arbóreo
100ml de vinho branco seco
3 tabletes de caldo de legumes diluídos em um litro de água
1 pera descascada e cortada em cubos
100g de queijo gorgonzola
½ xícara de parmesão ralado

Modo de preparo

Refogue a cebola na manteiga. Adicione o arroz e frite brevemente. Coloque o vinho e mexa até secar. Adicione o caldo de legumes diluído na água e cozinhe até obter cremosidade. Em seguida, coloque a pera e o queijo gorgonzola. Quando o queijo derreter, acrescente a manteiga e misture novamente. Por último, adicione o queijo parmesão. Dica: o ponto certo é o grão al dente e bem cremoso.

Mais notícias