Adicione cúrcuma à sua dieta e viva bem

Estudos apontam a eficácia da curcumina no aumento dos níveis cerebrais do hormônio

Originalmente encontrada na Índia e na Indonésia, a cúrcuma é uma planta da família do gengibre que tem suas raízes transformadas em um pó, depois de secas. É nessa forma que ela passa a ser utilizada como tempero.

Para tornar a planta mais familiar, o pó das raízes da cúrcuma é o principal ingrediente do curry – talvez a especiaria indiana mais conhecida e mais usada no Brasil. Além do uso gastronômico, a cúrcuma tem propriedades medicinais. O pó tem ação antioxidante e anti-inflamatória.

Com esses benefícios, nada melhor do que garantir o seu frasco de cúrcuma, certo? Você vai encontrar no site da Bio High suplementos e manipulados com garantia de qualidade e preços acessíveis. Tudo é feito de forma muito simples e segura.

Tem mais: os benefícios da cúrcuma vão muito além do que se possa imaginar:

 

  1. Efeitos anti-inflamatórios

Apesar da inflamação ser um processo que ajuda o organismo a combater micro-organismos que não são bem-vindos, ela pode trazer problemas graves ao se tornar crônica. A cúrcuma ajuda a evitar que quadros inflamatórios se agravem. A curcumina é uma substância com forte poder anti-inflamatório. Esse componente atua nos mecanismos celulares e consegue bloquear processos relacionados a doenças associadas à inflamação crônica, como muitos tipos de câncer, síndrome metabólica e até o Mal de Alzheimer.

 

  1. Propriedades antioxidantes

Os radicais livres são elementos que reagem com ácidos graxos, proteínas e o próprio DNA, causando a oxidação. O resultado é o envelhecimento precoce e o surgimento de muitas doenças, incluindo o câncer.

A curcumina ajuda a combater a ação dos radicais livres de duas formas: sua estrutura química consegue neutralizar essas moléculas prejudiciais e estimula o bom funcionamento dos mecanismos antioxidantes do organismo.

 

  1. Proteção das funções cerebrais

Estudos apontam a eficácia da curcumina no aumento dos níveis cerebrais do hormônio BDNF – um dos responsáveis pela formação de conexões entre os neurônios e pelo desenvolvimento de novas células desse tipo.

Como a carência de BDNF pode estar envolvida com uma tendência maior ao desenvolvimento de depressão e Mal de Alzheimer, a cúrcuma pode ajudar a combater essas doenças.

 

  1. Redução do risco de doenças cardíacas

A curcumina provoca um efeito benéfico ao endotélio – camada celular que reveste as câmaras do coração, artérias, veias e vasos linfáticos. Com isso, a substância contribui para a regular a pressão sanguínea e a coagulação.

 

  1. Prevenção e combate ao câncer

Embora seja uma área delicada, algumas pesquisas indicam a curcumina como preventivo até para o tratamento de tumores. Os estudos sugerem que essa substância pode reduzir o crescimento de um tumor e a sua disseminação molecular.

 

  1. Alívio dos sintomas da artrite

A função anti-inflamatória da cúrcuma também ajuda a aliviar os sintomas da artrite, que consiste na inflamação das articulações.

 

  1. Combate à depressão

Alguns estudos mostram que a curcumina pode aumentar os níveis do BNDF, o que ajudaria a reverter essas alterações ligadas à doença. Outro ponto positivo é que essa substância também pode melhorar a ação da serotonina e da dopamina – neurotransmissores que trazem a sensação de felicidade e bem-estar.

Depois de saber de tantos benefícios, está na hora de incluir a cúrcuma na sua dieta e desfrutar das vantagens que a curcumina traz para o organismo. Viva bem e feliz!

Adicione cúrcuma à sua dieta e viva bem
Mais notícias