Chefs de MS são indicados ao Prêmio Dólmã, o Oscar da Gastronomia Brasileira

Helen Braz, Marlon Libório e Ricardo Mereb foram os escolhidos da edição 2019

Três chefs do Mato Grosso do Sul foram indicados ao Prêmio Dólmã, um dos mais influentes na gastronomia brasileira e considerado o Oscar da Categoria. A edição 2019 será realizada nos dias 26 a 28 de março de 2020, em Teresina, capital do Piauí, 6° estado anfitrião da premiação.

O objetivo do Prêmio Nacional DÓLMÃ é reafirmar, reconhecer e valorizar a dedicação dos profissionais que se destacam na área gastronômica e que contribuem para a economia brasileira. O prêmio é itinerante, ou seja, a cada ano, é realizada em um estado brasileiro.

O Prêmio Dólmã é nacional e instituído em duas categorias: Categoria Estadual, que premia 1 chef por estado entre os 3 chefs indicados, e a Categoria Nacional, que premia 1 chef Nacional entre os 5 chefs indicados, sendo 1 de cada região brasileira.

De Mato Grosso do Sul, foram indicados os chefs Helen Braz, do Tropeiro Gastrô e Tropeiro Gourmet em Campo Grande; Marlon Libório, do Revier Gastronomia em Dourados; e Ricardo Mereb, do também campograndense Bada Bar.

Indicados

Helen Braz

Chefs de MS são indicados ao Prêmio Dólmã, o Oscar da Gastronomia Brasileira

Dona do restaurante Tropeiro Gastrô Marmitaria, e do recém inaugurado Tropeiro Gastrô Gourmet, localizado na Rua Yokoama, 231 e especializado em comida regional e afetiva, a chef Helen Braz adapta receitas nacionais e internacionais usando ingredientes locais e faz releituras de pratos já existentes.

Adepta do slow food, a chef destaca a importância de despertar emoções através da gastronomia, que é a expressão da cultura de um povo através de seus ingredientes. Além dos restaurantes, também implantou o curso técnico de Chef e Confeitaria no Instituto Mix de Profissões em fevereiro de 2019.Também é conselheira de ética da associação de profissionais de gastronomia de Mato Grosso do Sul – APGMS.

“Aquele que não valoriza o que é da terra, não pode ser feliz afetivamente. A comida afetiva vem da infância, lembra algo interessante e especial, despertando o prazer, além de ajudar na gastronomia e consequentemente o turismo”, reitera a ex-bancária que já atuou em vários estados brasileiros.

A chef teve como inspiração a avó Ruth, goiana, que começou a acompanhar na cozinha desde os 8 anos de idade. A infância ficou marcada pelo arroz com pequí. Há 15 anos se mudou para o Mato Grosso do Sul para estudar os ingredientes regionais e despertar essas memórias nos sul-mato-grossenses, trazer turistas através da gastronomia.

View this post on Instagram

O RISOTO está em alta na gastronomia há algum tempo, é um sucesso, quase uma unanimidade. Ele pode ser servido como entrada ou prato principal. O RISOTO que significa " pequeno arroz" é um prato Italiano que surgiu no norte do país da velha bota. Mais precisamente na região da Lombardia. Segundo alguns historiadores, o RISOTO nasceu no século XI, quando os sarracenos trouxeram o grão. A receita original foi criada em 1574 numa festa de casamento. Segundo acervos históricos, o criador do RISOTO foi o Valério di Fiandra. Quando sua filha foi casar ele ofereceu um jantar aos convidados fazendo de um dos principais pratos o RISOTO. Durante a preparação, Fiandra deixou cair acidentalmente numa panela uma quantidade de açafrão, que segundo a lenda foi uma demonstração de ciúmes pelo casamento da sua filha. Após o jantar, o "acidente" na cozinha teve uma ótima aceitação e recebeu vários elogios. Nascia naquele momento o Risoto Allan Milanese(risoto a milanesa). No @tropeirogastrogourmet você encontra esse delicioso prato nas versões pantaneiro, frango defumado, limão siciliano e gorgonzola. Esperamos vocês no Tropeiro Gastrô Gourmet de segunda a sábado, das 18 às 23h. Rua Yokohama 231. (67)99284-1515.

A post shared by Tropeiro Gastrô Gourmet (@tropeirogastrogourmet) on

“Fiquei muito honrada com a indicação, estou muito feliz pois é prêmio máximo da gastronomia brasileira que vai abrilhantar minha carreira. Participei como convidada do prêmio que aconteceu aqui em Campo Grande em 2015 e é maravilhoso. Existe uma troca de conhecimento, de ingredientes regionais, de técnica e cultura. Ficarei honrada em trazer esse Prêmio e farei de tudo para divulgar cada vez mais a gastronomia sul-mato-grossense”, relembra a chef.

Contato: @tropeirogastrogourmet / (67) 99284-1515

Marlon Libório

Chefs de MS são indicados ao Prêmio Dólmã, o Oscar da Gastronomia Brasileira

Formado em Técnico Contábil e depois de mais de 10 anos de profissão não se sentia realizado profissionalmente. Então teve a oportunidade de gerenciar um dos melhores buffet do sul do Mato Grosso do Sul, onde o contato com a gastronomia foi despertado.

Na sequência, fundou a 3Magos, empresa de assessoria e organização de eventos, onde foi sócio-gerente por 6 anos, hoje apenas sócio. O contato com a gastronomia, levou o Chef a fazer o Curso de Tecnólogo em Gastronomia na Anhembi Morumbi, e o contato com o mundo acadêmico, o levou a Pós-Graduação em Gestão Educacional.

A frente do Revier Gastronomia, na Rua João Cândido da Câmara, 1058 em Dourados, também é o chef responsável pelo Buffet Marlon Libório Gastronomia, atendendo todo o sul do estado e o país vizinho Paraguai na cidade de Pedro Juan Caballero.

“O prazer que se sente quando ao olhar as pessoas provando, e se deliciando com os sabores e aromas que você fez, usando todo o seu conhecimento técnico, e lógico, o amor. Este é o ingrediente principal na lista de insumos de qualquer cozinheiro. Além do respeito ao alimento e a terra que nos fornece esse tesouro bruto”, relata o chef.

O chef também presta consultoria gastronômica na região da Grande Dourados e no país vizinho Paraguai. Atual vice presidente da associação de profissionais de gastronomia de Mato Grosso do Sul – APGMS.

Responsável pela implantação do primeiro curso de gastronomia do estado no Centro Universitário da Grande Dourados – UNIGRAN – Fundado em 2016, onde atua como Coordenador do curso e ministra as matérias de Habilidades Básicas e Eventos e Buffet.

“Meu agradecimento a indicação ao prêmio Dólmã, por me sentir com os mesmos propósitos que o Dólmã tem de valorizar a gastronomia local e a Brasileira, levando a gastronomia ao patamar que ela merece. Sempre será um prazer cozinhar e ajudar a difundir a nossa gastronomia. Se eu for premiado, farei valer o tão honroso Título de Chef Embaixador da Gastronomia Sul Mato Grossense”, finaliza Marlon.

Contato: @marlonliborio / (67) 99971-8727

Ricardo Mereb

Chefs de MS são indicados ao Prêmio Dólmã, o Oscar da Gastronomia Brasileira

Começou a estudar gastronomia em 2011 no SENAC no curso de cozinheiro profissional e logo após se formar entrou no mercado de trabalho. Começou como cozinheiro básico e logo foi promovido a chef. Tive a própria cozinha mas agora comanda a cozinha do BADA Bar, localizado na R. da Paz, 405 em Campo Grande.

Cozinheiro por vocação, cozinha desde criança com os familiares nas festas e reunião de família, onde descobriu que tinha prazer em servir as pessoas. Também é embaixador do projeto Cozinheiros do Bem, que tem o intuito de levar a mão de obra dentro das instituições de caridade transformando o evento em renda para instituições necessitadas.

View this post on Instagram

#ricardomereb #cozinheirosdobem #bada

A post shared by Ricardo Mereb (@ricardo_mereb) on

“Nunca tive a ambição de concorrer em nada, mas fiquei honrado em ser indicado, meu padrinhos foram o Daniel Barbosa, vencedor do prêmio em 2019, e o Marcílio Galeano, pessoas que eu tenho muito amor e carinho!”, conta o chef Ricardo Mereb.

Contato: @ricardo_mereb / (67) 99120-4755

Prêmio

O Prêmio Nacional Dólmã, PIAUÍ 2019/2020, começou desde o mês de maio de 2019 e seguirá até o mês de março de 2020, com a execução dos ENCHEFS Estaduais, com a divulgação da Relação Oficial dos 81 Chefs Indicados 26 estados e Distrito Federal, e dos 05 Chefs Nacionais das regiões brasileiras, com o processo de votação, concluindo com a execução do ENCHEFS Brasil e a Cerimônia 2019/2020.

A ideia da realização do prêmio é oportunizar o encontro de todos os Chefs Indicados a premiação, Chefs Embaixadores e todos os apaixonados pela gastronomia brasileira. Iremos ampliar a Feira dos Estados, com a participação integral dos estados brasileiros, através dos estandes, que apresentarão suas riquezas históricas, culturais, turísticas e econômicas, e das Caravanas dos estados.

Além disso, será executado na programação oficial do ENCHEFS Brasil o Fórum Brasileiro Gastronômico, um aprofundamento dos debates acadêmicos a respeito do presente/futuro da cultura, do turismo e da economia dos estados brasileiros.

Mais notícias