MidiaMAIS / Comportamento

Projeto Fazer o Bem busca doações para cestas básicas para 230 famílias no Noroeste

A organizadora ressalta que os pedidos por cestas básicas aumentaram no último mês e busca doações para 230 famílias do bairro Noroeste

Carlos Yukio Publicado em 29/03/2021, às 09h39

None
Projeto Fazer o Bem busca doações para cestas básicas para 230 famílias no Noroeste

Diante da pandemia, diversas famílias e cidadãos brasileiros tem passado necessidade graças ao aumento do desemprego e também à falta de apoio governamental com auxílios substanciais. Em Campo Grande, para tentar sanar esse problema, a copeira e filantropa Maria Helena Esquivel organiza o projeto Fazer o Bem. Entretanto, a organizadora ressalta que os pedidos por cestas básicas aumentaram drasticamente no último mês e busca doações para 230 famílias do bairro Noroeste.

” Não tenho essas cestas básicas e aqui temos muitas famílias carentes, que vem nos procurar. Ganhamos algumas no mês passado, mas como não foram muitas tivemos que fazer sorteios. Hoje, nossa prioridade é colocar comida na mesa das famílias que hoje não tem por causa do desemprego da pandemia. Peço para as pessoas me ajudarem com um arroz, um feijão para colocarmos na mesa das famílias carentes”, explica Maria Helena.

Criado há 3 anos pela copeira após a morte dos filhos em um acidente, o projeto Fazer o Bem sobrevive de doações. O projeto consiste em atender pessoas carentes por meio do trabalho da equipe de voluntários, na arrecadação dos donativos e distribuição dos mesmos. Além do Noroeste, o projeto também abrange outras regiões da cidade, se baseando sempre na necessidade das pessoas que precisam.

As doações podem ser de alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, enlatados, sal e açúcar. As reuniões para entrega das cestas foram suspensas por conta da pandemia do coronavírus, mas o projeto entrega as doações nas casas dos contemplados.

Para conhecer o trabalho do projeto e fazer as doações, basta entrar nas redes sociais do Fazer o Bem no Facebook, Instagram (@p.fazerobem) ou pelo telefone (67) 9141-2069.

Jornal Midiamax