Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia

Três pais relatam como a rotina do coronavírus mudou os planos da família, mas manteve o amor

Com a pandemia do coronavírus, muitas atividades do dia a dia se tornaram diferentes, seja por segurança ou por sentimentalismo. A foi uma delas. Um casal que espera um criança em 2020 está repleto de outros desafios novos além dos riscos já conhecidos da gravidez e do parto. Conversamos com 3 pais de primeira viagem que nos contaram mais sobre a experiência.

O Bombeiro Civil Aguinaldo Soares Corrêa e a esposa Carolina se sentiram abençoados quando receberam a notícia da gravidez da Betina, que ainda está na barriga da mamãe. A pequena, prevista para o dia 15 de setembro, chegou em um momento delicado e trouxe alegria.

Aguinaldo perdeu a mãe em 2017, e em 2018, ele e a esposa sofreram com a perda do primeiro filho. Depois de tentativas, conseguiram engravidar no início de 2020, para a surpresa dos dois.

“A experiência de ser pai está sendo maravilhosa. Acompanhar ela no médico e ouvir o coração da criança não tem preço. Vejo as coisas acontecerem, o quarto arrumado e só aguardo para ver o rosto da bebê”, conta o bombeiro.

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia
(Foto: Arquivo Pessoal)

A Fé em Deus foi um dos pilares para acreditarem que conseguiriam engravidar. Os cuidados cuidados foram redobrados por causa da pandemia e a esposa Carolina fica mais em casa, só sai para consultas. Ao invés do tradicional chá de bebê, fizeram um chácarreata.

“Foi especial foi emocionante a gente fez na moreninha na casa da minha irmã por quê eu moro em um condomínio e ficaria impossível a entrada dos carros. A Betina ganhou bastante fraldas e roupas dos parentes e amigos que participaram minha esposa chorou de alegria”, conta o papai de primeira viagem.

Ansiedade para a chegada da filha é grande mas o bombeiro também ressalta para que as pessoas cuidem das medidas de segurança para evitar a propagação do coronavírus. “É difícil essa doença veio e mexeu com todos, e temos que acreditar em Deus e ele vai nos ajudar essa doença não chegará da minha casa e nem na minha filha”, finaliza.

Papai no

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia

Coincidência ou não, o cientista social Maicon Nogueira será papai neste domingo de . Ele e a esposa, a estudante de Letras Karina Alcantara, esperam a chegada da Helena. Os dois se conheceram em 2016 em um posto de gasolina, num encontro entre viagens separadas. Em 15 de agosto os dois fazem 4 anos desde que se conheceram.

“Quando eu a vi, foi amor à primeira vista mesmo. Esperei pra ver qual carro ela iria entrar. E era o único de Campo Grande. Conversamos, e pedi desculpa pela abordagem, depois perguntei o nome dela. Ela me disse e começamos a conversar pelo ”, conta Maicon.

Entre idas e vindas de Londrina, onde Karina estudava, os dois noivaram e descobriram a gravidez no início de 2020. Sempre com sonho de ser pai de menina, os dois não estão saindo de casa e estão em estado de alerta para o trabalho de parto. Se Helena não nascer neste domingo, na segunda (10), é aniversário da mãe Karina.

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia
(Foto: Arquivo Pessoal)

“Meu coração dispara quando imagino um serzinho indefeso no meu colo. É uma responsabilidade que eu não imaginava. A sociedade sempre quis separar os papéis de pai e de mãe, mas eu e a Karina temos muito claro o propósito de fazermos juntos aquelas ‘tarefas’ que as pessoas pensam que é só da mãe. Não vejo a hora de dar banho, trocar fraldas e num futuro breve, arrumar uma lancheirinha para a Helena levar na escola!”, conta.

Sobre a pandemia, o cientista fala sobre os desafios mas também sobre a expectativa para a chegada de uma bebê, que também é uma realização de um sonho do casal. Seguir os protocolos de prevenção e higiene foi primordial para terem uma gestação tranquila.

“Foi muito desafiador porque o inimigo é invisível e nos resta apenas seguir os preceitos científicos quanto as prevenções. Seguimos corretamente todos os protocolos e Deus nos abençoou com uma gestação perfeita. Fizemos ultra-som hoje e a Helena está perfeitamente saudável com 3,8kg e 51 centímetros (e pode crescer e engordar ainda mais)”, relembra o papai.

Pai no susto

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia
(Foto: Arquivo Pessoal)

O vendedor Gabriel Pereira foi surpreendido com a notícia de que seria pai. Em outubro de 2019, a então namorada, Nathália, fez o anúncio e ele achou que fosse uma brincadeira da amada. Mesmo com o teste de farmácia, a ficha ainda não tinha caído. Quando fizeram o teste sanguíneo, a se tornou uma realidade.

“Não estava nos nossos planos morar juntos, casarmos, mas fizemos tudo isso e viramos uma família. Quando ela estava de 6 meses, recebemos a surpresa se uma chacarreta de amigos, no dia 30 de maio. Ela nasceu no dia 25 de junho”, conta Gabriel.

Gabriel acompanhou o parto da filha usando uma máscara N95, que apesar da dor e dificuldade para respirar, o permitiu assistir a filha, Virginia, chegar ao mundo. Ele e a esposa, infelizmente não puderam receber visitas da família por conta do risco de contágio. Após um resfriado, até o pai teve que ficar isolado da filha por segurança.

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia
(Foto: Arquivo Pessoal)

“Foi difícil. Porque como não podemos receber visitas, foi complicado para controlar os parentes. Sem falar das noites sem dormir. Peguei uma gripe esses dias, quando ela fez 1 mês apenas. Fiquei isolado dela 14 dias até confirmar o exame, que felizmente foi negativo. Doeu ficar longe”, conta o vendedor.

Sobre a , Gabriel resumiu. “Me passa um filme na cabeça porque fui criado sem pai. Só tive minha mãe e minha tia. E é emocionante ser pai, sentir o cheirinho dela, ver o sorriso da minha pequena… Isso vale mais que ouro”.


Fale MAIS!

O que você gostaria de ler no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail midiamais@midiamax.com.br, ou pelo telefone 67 99965-7898. Siga a gente no Instagram – @midiamax

Pais de primeira viagem contam sobre a gestão das mulheres e paternidade na pandemia
Mais notícias