Tiktok: a rede social chinesa que virou febre entre os jovens

O app chinês, avaliado em US$ 75 bilhões, reúne pequenos vídeos que vão de contas de humor a mini tutoriais diversos

As redes sociais fazem parte da vida moderna, isso é impossível discordar. E assim como nós, elas envelhecem e nascem com novas funcionalidades que levam ao usuário entretenimento e utilidade. A mais nova aposta do momento entre os jovens do mundo todo é o app chinês Tiktok, que com sua leveza e potencial cômico, se tornou uma fábrica de memes para o mundo. Ainda que não seja uma regra, o público predominante tem entre 16 e 24 anos.

De acordo com os dados obtidos pela Sensor Tower, o TikTok foi o app mais baixado durante o mês passado mundialmente, abocanhando o primeiro lugar de downloads na Play Store e na App Store. No Android, a plataforma ficou na frente do WhatsApp e Facebook Messenger, enquanto no iOS o serviço de vídeo superou o YouTube e o Instagram.

O TikTok foi baixado mais de 63 milhões de vezes durante o mês passado, número que representa um crescimento anual de 6% nas instalações. Segundo o Sensor Tower, o principal motivo para a expansão do aplicativo no mês foi a ampla adoção na Índia, que foi responsável por 44% dos downloads durante o período.

Como funciona?

A rede social, que pertence a empresa chinesa Bytedance Inc., hospeda vídeos de até 15 segundos: com ferramentas próprias de edição, a maior parte do conteúdo foca no humor e em paródias/redublagens de memes e músicas. Alguns ainda ousam e fazem tutoriais rápidos de temas diversos como culinária e decoração.

Essa característica está na origem do app. O TikTok comprou o Musical.ly em 2018 e angariou a audiência do software de dublagem de músicas. O movimento de mercado e características próprias da rede fizeram a Bytedance Inc. tornar-se uma importante startup do mundo, avaliada em US$ 75 bilhões – segundo dados do The Wall Street Journal.

O TikTok foi, no primeiro trimestre de 2019, o aplicativo mais baixado do mundo, atrás apenas do WhatsApp e do Facebook Messenger. Estimativas do The Wall Street Journal apontam que o programa foi baixado por 1,2 bilhão de pessoas no mundo todo.

Parte desse crescimento está ligado a uma agressiva estratégia de marketing. A empresa tornou-se uma das maiores anunciantes em seus principais concorrentes: Instagram e Facebook. Em movimento de ascensão nacionalmente.

Fábrica de memes

Muitos memes recentes que se tornaram virais em outras redes sociais, como Twitter e Instagram, por exemplo, nasceram através doTikTok. Alguns dos vídeos curtos publicados na rede social chegam a passar da faixa dos milhões em visualizações. A faixa “Old Town Road”, do rapper americano Lil Nas X, viralizoue se tornou uma das mais ouvidas graças ao Tik Tok.

Um dos casos é da usuária Brittany Brosky, que depois de um vídeo provando Kombucha, bebida feita a partir da fermentação do chá, se tornou um meme na internet com 7 milhões de curtidas em apenas um vídeo e já estava por todo o Twitter. Ou do jovem Harvey Bass que foi suspenso da escola por fazer um vídeo na instituição, mas alcançou 7.4 milhões de curtidas.

https://www.tiktok.com/@harveybass/video/6699753069669780742

Outro exemplo da força do Tiktok foi o recente “Evoluiu Challenge”, onde milhares de usuários começaram a compartilhar videos de transformação ao som do hit “Evoluiu”, de MC Kevin o Chris, com uma coreografia tornando o vídeo divertido com maquiagens sendo feitas ao som de funk. Assista:

Até famosos tem percebido o potencial da rede e entrado na onda de utilizar o app para alcançar o público mais jovem de forma rápida e interessante. Recentemente, a Anitta aproveitou a rede para promover seu novo álbum “Kisses” por meio de um desafio com a música “Onda Diferente”.

E assim segue! Cada dia um novo conteúdo, desafio ou meme é produzido por essa nova e divertida rede social! Você pode encontrar o app do Tik Tok de graça tanto na Google Play Store, quanto na Apple Store. É só baixar e cair na brincadeira!

Mais notícias