Publicidade

Pai viúvo de Goiânia se “veste de mãe” para ir a festa de Dia das Mães da filha

Daniel Correa ficou viúvo há dois anos e meio e desde então, o goianense é o 'pãe' da pequena Luna

Um caso de fofura aqueceu o coração dos moradores de Goiânia, capital de Goiás, durante a última quinta-feira (9). Tudo graças ao pai viúvo Daniel Correa, de 33 anos, que decidiu se “vestir de mãe” para que a filha, Luna não ficasse sozinha e triste durante a festa de Dia das Mães da escola. As informações são do G1 Goiás.

Desde 2016, Luna, de 5 anos, não participava da festa do Dia das Mães na escola, já que a mãe, Stella Noleto, morreu por complicações de uma doença chamada Lúpus. Neste ano, garota fez um pedido especial para o pai que fez questão de atender.

“Todo Dia das Mães é extremamente delicado para ela. Mas dessa vez ela falou: ‘Papai. Estamos ensaiando uma música para o Dia das Mães, mas eu não tenho mamãe. Minha mãe foi morar com Papai do Céu’. Foi então que ela me pediu que eu fosse a mamãe dela por um dia na festa. Ela queria que eu fosse de barba rosa e peruca loira”, contou Daniel na publicação que já chega a quase 50 mil curtidas.

View this post on Instagram

ANTES DE ME JULGAR, vejam todas as FOTOS E O VÍDEO NO FINAL !!! Pessoal, como sabem eu e a Luna perdemos a @stellanoleto … e todo dia das mães é extremamente delicado para ela… e dessa vez ela falou: “Papai.. estamos ensaindo uma música para o dia das mães… mas eu não tenho mamãe… minha mãe foi morar com papai do céu …” Eu, de todas as formas tentei persuadi-la para que a vó ou tias fossem representando a “mãe” dela, porém sem êxito…. ela quem me pediu com os olhos cheios de lágrimas.. para que eu fosse a mamãe dela por um dia… pediu-me barba rosa e peruca loira igual a da mãe original dela … pois bem .. está aí o resultado … e quero deixar a seguinte mensagem … : “ A morte é inevitável, mas não precisamos passar por isso de forma TRISTE… concordam? Luna ! Te amo ! Foi IMPAGÁVEL ver seu sorriso no rosto ao me ver de “mamãe” …

A post shared by D.C (@danielcorrea69) on

Com ajuda da irmã, Daniel colocou um vestido da mãe dele, calçou salto alto, passou batom, sem esquecer, é claro, da peruca e a barba rosa requisitadas por Luna. O pai ainda ressaltou que tentou conversar a filha de levar a tia ou a avó para a festa, mas ela não quis.

“Eu tentei de todas as formas fazer com ela aceitasse que a avó ou tias fossem representando a mãe dela, porém ela me pediu com os olhos cheios de lágrimas que eu fosse como ela queria. Não pensei duas vezes. Eu amo a minha filha”, relatou.

A própria Luna contou para o G1 como foi ver o pai com roupa de mamãe. “Foi engraçado porque ele passou batom um pouquinho errado e ficou borrado. Meu papai ficou meio lindo de mamãe, mas depois que tirou a roupa de mamãe ficou bonito”.

As outras mães, que acompanharam o drama da família desde a morte da mãe de Luna, se emocionaram com a homenagem feita pelo pai para a filha. “A turma dela é mesma desde o falecimento da Stella. Sempre fui o ‘pãe’ dela”, afirmou Daniel ao G1 de Goiás.

Durante a festa, o pai fez uma atividade manual com a filha enfeitando a primeira letra do nome da mãe dela, que morreu em setembro de 2016, 12 horas após começar a passar mal, quando voltou de uma viagem em família. Hoje, dia 10 de Maio, é o aniversário da mãe, Stella, quem o pai carinhosamente chama de “estrela”.

“Eu sempre fui sincero com a Luna dizendo que a mamãe dela estava com Papai do Céu. Eu sempre tentei fazer com que esse processo de perda fosse mais natural possível, uma movimentação natural da vida. Óbvio que, como criança, ela sempre questionou, mas eu dizia que a mãe dela estava em outro plano e que um dia nós iríamos nos encontrar. Ela sempre compreendeu”, relatou Daniel.

Mais notícias