Filmes sobre Suzane Von Richthofen ganham trailers e causam debate na web

'A menina que matou os pais' e 'O menino que matou meus pais' serão lançados no mesmo dia e exibidos em sessões alternadas nos cinemas, com versões diferentes do crime que chocou o Brasil

Um dos anúncios polêmicos do cinema brasileiro por dar margem à romantização de um crime bárbaro, foi lançado nesta segunda-feira (3) o trailer dos filmes “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais”. A história de Suzane von Richthofen, que planejou o assassinato dos pais em outubro de 2002, será contada nestes dois filmes com pontos de vista diferentes dos dois acusados.

Antes previsto para 2019, o lançamento será no dia 2 de abril de 2020. Suzane Von Richthofen será interpretada pela atriz  Carla Diaz, e Daniel Cravinhos pelo ator Leonardo Bittencourt. Os longas terão suas sessões alternadas nas mesmas salas. A produção foi baseada em autos do processo e não teve envolvimento com os autores do crime.

“É um caso único no cinema mundial essa produção exatamente da mesma história, porém com olhares diferentes. É uma oportunidade para o público analisar e chegar à sua própria conclusão sobre os fatos”, diz comunicado. Veja o trailer abaixo:

Crime

Manfred e Marísia foram mortos a pauladas enquanto dormiam. O crime foi cometido pelos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, à época namorado e cunhado de Suzane. Ela foi condenada a 39 anos de prisão por ter sido considerada mentora da ação.

Daniel Cravinhos já cumpre pena no regime aberto. Cristian estava no mesmo regime, mas foi preso em 2018 por posse ilegal de munição após se envolver em uma confusão em um bar de Sorocaba (SP).

Nas redes sociais, o assunto alcançou os mais comentados do Twitter. Veja algumas das principais reações:

https://twitter.com/nievillela/status/1224673592803319808?s=20

Filmes sobre Suzane Von Richthofen ganham trailers e causam debate na web
Mais notícias