Na estreia, história de São Maximiliano Kolbe emociona plateia campo-grandense

A produção audiovisual que conta com dublagem e tradução feitas por profissionais da capital estreou na noite de ontem, 21.

Muitas décadas se passaram desde que Maximiliano Kolbe habitou este plano. Suas mensagens de altruísmo, empreendedorismo e fé perduram até os dias de hoje e são exaltados por pessoas que se identificam com seus exemplos. Na noite de quinta-feira, dia 21, estreou na capital o Doc Drama polonês inspirado em seu legado. A exibição aconteceu no anfiteatro do Bloco A, da Universidade Católica Dom Bosco.

Intitulado “Duas Coroas”, o filme tem a direção executiva brasileira encabeçada pela Presidente Internacional da M.I. (Milicia de la Inmaculada), Ângela Morais. Grande divulgadora da história de São Maximiliano Kolbe, ela nos contou sobre como é manter sua mensagem viva. “A mensagem de altruísmo que viveu, há mais de 90 anos, é muito gratificante e acho que esse é o mais interessante para o momento em que nós vivemos. Maximiliano Kolbe era muito empreendedor, isso em 1920, com os meios de comunicação inclusive. Ele chegou a ter uma tipografia pra mais de um milhão de impressões mensais, isso nos anos de 1925 até 1935.

Duas coroas
Ângela Morais, Fabio Flecha, Dom Mariano Danecki e Alejandra Moreno, no lançamento de Duas Coroas em Campo Grande (Foto: Leandro Marques)

Versão brasileira, Render Brasil

Jair Damasceno participou da dublagem (foto: Leandro Marques)

O filme foi dublado por atores de Campo Grande e legendado em português pela Render Brasil, uma das maiores produtoras de audiovisual do Estado. Para o Diretor Fabio Flecha, essa nova experiência serviu como inspiração para reforçar sua fé e também foi um grande desafio. “A palavra correta foi desafio mesmo, porque em teoria, a gente sabe como funciona a arte da dublagem, eu já estudei muito sobre, mas entre a teoria e prática existe uma lacuna muito grande. Foi um desafio tanto na parte técnica quanto a parte artística, mas todos mundo que estava envolvido se dedicou muito e deu o sangue pra isso funcionar. Entre os primeiros erros, conseguimos muitos acertos no final”, conta Flecha.

Um dos dubladores da obra cinematográfica, o grande ator Jair Damasceno também foi tocado com a história contada no filme. “Participar da dublagem foi um trabalho gratificante.  Primeiro porque foi de um idioma bem diferente, o polonês, e em segundo, pela história de vida de alguém tão profundamente humano que além de salvar vidas nos campos de concentração, deu a própria vida pra salvar pessoas”, diz Damasceno.

O filme está a todo vapor nos trabalhos de divulgação e a equipe de Ângela Morais, procura salas de cinema para que mais pessoas possam conhecer a história e o legado deste personagem histórico que tanto tem a nos ensinar.

 

Confira o Trailer de Duas Coroas

Na página do Facebook você fica sabendo onde o filme será exibido:
https://www.facebook.com/duascoroasmaximilianokolbe/

Mais notícias