MSFLIX: 6 filmes do Ator e Diretor Filipi Silveira pra ver AGORA

Nome promissor do audiovisual e com filmes que já viajaram o mundo, veja aqui alguns deles.

Pra valorizar a nova geração de Produtores Audiovisuais do Estado e divulgar o que tem sido feito de melhor na cena cinematográfica “pantaneira” na atualidade, chegou mais uma edição do MS Flix pra deixar seu domingo ainda mais legal!

Nesta edição exibimos os trabalhos de Filipi Silveira, que se desdobra nos papéis de ator, diretor, roteirista, produtor e o que mais aparecer. Ele tem na bagagem produções audiovisuais de destaque em festivais nacionais e internacionais, sempre levando o nome do Estado por onde passa.

Nascido em Campo Grande, foi aqui que Filipi começou sua carreira no mundo da arte. Após se formar em Direito, mudou-se para São Paulo para se profissionalizar em interpretação, onde teve a oportunidade de trabalhar com Teatro, TV e sua paixão que sempre foi o Cinema. Ao retornar para sua cidade natal, em 2012, criou a Cerrado’s Filmes.

Seu amor pelo cinema vem desde pequeno e o que ele faz é transformar este amor em trabalho. Com uma bagagem expressiva, suas produções já foram exibidas até no exterior, em países como: Argentina, Austrália, Cuba, Estados Unidos, França, Índia, México, Nicarágua, Kosovo, Polônia e Uruguai.

O Audiovisual de Mato Grosso do Sul

Filipi Silveira (Foto: Israel Miranda)

“Eu sempre digo que o audiovisual, como um todo, não se faz sozinho e é aí que está a beleza desta arte. O Cinema gera empregos diretamente e indiretamente, basta olhar qualquer imagem de making of de filmes, é muita gente. Cultura não é hobby, é geração de empregos!

O cenário audiovisual de MS está engatinhando, mas precisamos de ações pontuais para que esta área se fortaleça com a formação de profissionais, agora temos na UFMS um curso superior de audiovisual, isso é bom, na minha época não tinha, o que aprendi foi observando e fazendo, eu não sei fazer tudo e nem quero também.

Outras coisas que precisamos é mais janela para exibir nossas obras, porque não um cinema de Rua para ser frequentado pelas redes escolares e sociedade civil? Isso é formação de público”, questiona Filipi.


Filmes Cerrado´s Filmes

Curta-Metragem 1 》 O Florista (2012) 

Este foi o meu primeiro filme como diretor e me dá alegrias até hoje, ele viajou por muitos Festivais pelo Brasil e no mundo e até hoje tem Festivais e Mostras que exibem ele por um fato muito simples: O filme continua extremamente atual!. Plinio Marcos dizia: Enquanto minhas obras estiverem atuais é porque ainda está tudo errado, acho que este pensamento dele, pelo menos nos curtas que estive na produção, nortearam as obras.


Curta-Metragem 2 》 Curta Ser Saudável (2012) 

Este curta-metragem que possui uma proposta divertida e educacional de ser exibido nas escolas, a trama se baseia na lei de autoria do meu querido pai que foi Vereador, que tinha criado uma lei a qual regulamenta alimentos em cantinas escolares na cidade de Campo Grande. O objetivo é conscientizar, mas sem perder o humor e nunca deixar de apontar para expectador que um hábito saudável vai muito além de motivos nutricionais.


Curta-Metragem 3 》 Irmãos de Alma (2015) 

Eu estava querendo fazer um filme bem cru, mas acabei não conseguindo, foi mais forte que eu, sempre coloco algum momento lúdico e poético, eu acho que aí que está um detalhe especial desse filme, porque ele trabalha a nostalgia, amizade e um tema bem pesado que é a reverberação do abuso sexual infantil na vida de uma pessoa, sempre dizem que consegui pegar este tema e transformar em algo leve e delicado.


Curta-metragem 4 》 Cartilha da Vida (2016) 

Todo mundo diz que não consigo fazer um curta-metragem curto, então surgiu um convite de uma amiga que estudava na Escola de Atores Wolf Maya, pra produzir um curta-metragem com celular, achei o convite na verdade um grande desafio pra mim mesmo como contador de história e ainda com um celular. Acabei aceitando, juntamos um grupo bem reduzido e criamos algo que me dá muito orgulho porque o filme esquenta e comove o coração de quem assiste, principalmente os educadores, porque o filme é uma homenagem aos professores.


Curta-Metragem 5 》 De Tanto Olhar O Céu Gastei Meus Olhos (2017) 

Esse foi o primeiro filme da Cerrado’s Filme que não teve a minha direção , o filme é uma produção associada com a “Ponte Produções” que tem uma grande experiência e  contou com a direção de Nathalia Tereza abordando o universo das mães que precisam ser pais também devido a ausência de certos homens que ignoram esta responsabilidade e como esta ausência causa uma dor que consome.

O filme viajou por Festivais bem conceituados no Brasil e Exterior, o filme foi inclusive pro Festival de Havana e foi indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, recebendo também Melhor Roteiro e Melhor Atuação no “7º Festival Curta Brasília”, entre outros.

LINK: http://portacurtas.org.br/filme/?name=de_tanto_olhar_o_ceu_gastei_meus_olhos


Curta-metragem 6 》 Vampiros (2018) – Trailer

Vampiros eu digo que não é um filme, é uma novela porque demorou 4 anos para ficar pronto, porque faltou verba para deixar do jeito que eu queria, então esperei pacientemente outro edital para finalizar e distribuir o filme e no final o resultado para mim ficou satisfatório, dos filmes que dirigi é o mais suave, tem muita poesia, tem muita metáfora. A obra fala de solidão, de relações liquidas e de amizade, das almas que se encontram não importa a classe.

 

Recado

Fica aqui meu abraço para as outras produtoras que somaram de alguma forma em meus filmes: Camalote Filmes, Cozina Filmes, Filmadelas, Fundo da Vila Films, Macarena, Olho Cine TV, VCA ,Vaca Azul  e Zion Filmes, além da primeira pessoa que conheci da área audiovisual aqui de Mato Grosso do Sul e que trabalha comigo até hoje quando é possível que é a Rose Borges, foi a partir dela que comecei a conhecer todo mundo da área aqui e claro aqueles que me inspiram até hoje: Meus pais e meu irmão.

Mais notícias