Abolição da Escravatura: 6 séries e filmes para refletir sobre as questões raciais

Confira uma lista de filmes e séries fascinantes sobre questões raciais

Para debater sobre racismo em suas diversas formas, não é mais estritamente necessário ter o conhecimento acadêmico. Muitas séries e filmes aclamados pela crítica trazem visões e reflexões necessárias para que as questões sociais sejam colocadas em pauta. Além disso, o entretenimento é o ponto bônus de maratonar séries ou assistir longas que trazem o dabete. Confira uma lista de 6 filmes e séries para discutir e se conscientizar:

Ela Quer Tudo

Nessa série do ganhador do Oscar Spike Lee, acompanhamos a história da protagonista Nola Darling (interpretada por DeWanda Wise), que se define como “pró-sexo, poliamorosa e pansexual”. Ela é uma artista, tem três namorados, se relaciona com mulheres e sua personagem debate a sexualidade e liberdade das mulheres negras diante de tanta objetificação. Está na netflix.

Felicidade por um fio

Uma publicitária perfeccionista com problemas na vida amorosa embarca em uma jornada de autoconhecimento que começa no visual radicalmente novo. Para isso, deixar de alisar o cabelo e usar perucas para se reencontrar e perceber que o verdadeiro amor da vida dela, é ela mesma.

Insecure

Uma boa credencial para a série é: a ex-primeira dama americana Michelle Obama é superfã. Atualmente na terceira temporada, com a quarta confirmada para 2020, Insecure é criada, escrita, co-produzida e estrelada por Issa Rae, no papel de Issa Dee. A série começa contando a história de uma millenial que, aos 29 anos, se vê estagnada em um relacionamento morno, com um emprego bem diferente daquele que sonhou.

No humor ácido e nas tramas das melhores amigas de Issa, o racismo é tema recorrente. Issa Rae diz se inspirar nas situações que viveu e pessoas que passaram pela sua vida para a série. A trilha sonora e os figurinos valem destaque. Na HBO Go.

12 anos de Escravidão

Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.

Cara Gente Branca

A série acompanha a trajetória da protagonista Samantha White (Logan Browning) e um grupo de alunos negros em uma universidade americana majoritariamente branca. A trama é, ao mesmo tempo, muito fluida, com personagens arrebatadores, e bastante didática. Questões como racismo reverso, black face, colorismo, solidão da mulher negra, militância, violência são abordadas na Netflix.

Mississipi em Chamas

Mississipi, 1964. Rupert Anderson (Gene Hackman) e Alan Ward (Willem Dafoe) são dois agentes do FBI que estão investigando a morte de três militantes dos direitos civis. As vítimas viviam em uma pequena cidade onde a segregação divide a população em brancos e pretos e a violência contra os negros é uma tônica constante.