Pets no Shopping: Como saber se seu bichinho está confortável e sem medo?

Especialistas dão dicas para tutores acostumarem animal na rotina e novos ambientes

Cada vez mais presentes na cidade, caíram no gosto dos campo-grandenses os espaços conhecidos como friendly, ou seja, que aceitam a entrada dos bichos de estimação acompanhados por seus tutores. O problema é que nem todo ambiente vai ser adequado para o animal, já que luzes, sons, cheiros, qualidade do piso e até o fluxo de pessoas podem acabar ocasionando stress aos bichos. Daí fica a dúvida: como saber se o cão está confortável com o passeio?

Especialista em comportamento animal e sitter, Clara Rosa Balbé explica que os tutores que pretendem levar os animais para passear devem começar a apresentar estímulos aos bichinho ainda bebê.

“Se isso não foi possível, pode ajudar muito ir fazendo essa exposição aos poucos, por exemplo aumentando o tempo de permanência aos poucos ou frequentando nos horários de menor movimento. O que também pode ajudar é fazer associações positivas do novo ambiente com algo que o cão goste. Levar um isco ou até mesmo um brinquedo que o cão esteja acostumado podem fazer com que ele se sinta a vontade”, disse.

Outra dica é lembrar de sempre passear com a guia em ambientes externos (até de casa) e deixar a ida ao shopping para um segundo momento. A coleira deve ser apresentada e treinada primeiramente em casa, se possível com a orientação de um profissional na área de comportamento canino.

Já a veterinária Gisele Crepaldi ressalta que o ideal é levar somente os bichos que já estão acostumados. O grande fluxo de pessoas podem causar estresse e medo no animal que desconhece o local. Ela dá dicas para os tutores prestarem atenção quando o comportamento do cão indica que ele não está à vontade.

“Se o cachorro não está acostumado com esse tipo de local e nem com muitas pessoas ao redor, ele pode ficar assustado, com orelhas abaixada, rabo entre as pernas, pupilas dilatadas. Pode até urinar por medo ou latir”, explica.

Pets no Shopping: Como saber se seu bichinho está confortável e sem medo?
Luna adora passeios. (Foto: Leitor Midiamax)

Quando filhote, Ramona Lima levava a golden retriever Luna pelos shoppigs, a ideia era acostumá-la aos passeios em família. Com a chegada da pandemia os tutores preferem passear ao ar livre.

“Ela se comporta bastante. Quando fomos ao shopping ela adorou, pois é sociável, as crianças passaram a mão fazendo carinho. Ela fica muito feliz, mas agora por causa do tamanho de pandemia estamos levando ela mais em parques para ela correr e brincar”, disse.

Regras

A entrada de s é permitida apenas acompanhada com os tutores e desde que eles estejam com coleira, no colo, carrinho, bolsa ou caixas apropriadas. Outra regra é que os bichos podem circular por todas as áreas de convívio, exceto, as praças de alimentação, fraldário e banheiro, seguindo normas da Vigilância Sanitária.

Os locais dispõem de kits higiene gratuitos com saco plástico, lenço e desinfetante, além de empréstimos de carrinhos para levar os pequenos ‘bebês’. Vale lembrar que cachorros das raças pit bull, pastor alemão, dobermann e rottweiler estão proibidas de serem levadas.

Pets no Shopping: Como saber se seu bichinho está confortável e sem medo?
Mais notícias