Patrocinadores estão preocupados com ‘tortura psicológica’ no BBB 21

Emissora diz que atitudes fazem parte da dinâmica do jogo

As principais marcas patrocinadoras do “ 21” estariam assustadas e preocupadas com os rumos tomados pelo reality show da Globo e pela repercussão negativa que está tendo. Em comunicações por escrito, já na segunda-feira (01), os anunciantes mencionam a “ psicológica” que a cantora Karol Conká teria praticado dentro da casa contra Lucas e Juliette. As informações foram divulgadas pelo colunista da UOL Mauricio Stycer.

A coluna apurou que as marcas estão trocando informações entre si, especulando sobre o que podem fazer. Uma das possibilidades aventadas foi uma manifestação pública em conjunto. Até agora, porém, nenhum patrocinador veio a público falar sobre o assunto. A Globo está a par da preocupação das marcas e procurou tranquilizá-las.

Em nota enviada ao UOL, a emissora diz que “as atitudes e comportamentos variados dentro da casa do Big Brother Brasil fazem parte da dinâmica do jogo, acompanhada de perto pela direção do programa e por uma equipe de psicólogos que atua e oferece suporte sempre que necessário”.

Ainda segundo a Globo, “as discussões geradas provocam reflexão sobre temas relevantes para os participantes e também para o público, impulsionando movimentos de conscientização, mobilização para mudanças e gerando consequências na própria dinâmica do programa, com a eliminação daqueles cujo comportamento agrade menos a audiência”.

Patrocinadores estão preocupados com 'tortura psicológica' no BBB 21
Mais notícias