Game do momento, ‘Among Us’ bate recorde de jogadores e é febre entre jovens campo-grandenses

Título desbancou Free Fire, PUBG Mobile e Roblox

Um novo game está dando o que falar em todo mundo. No ano passado, Among Us foi o jogo mais baixado em celulares Android e iPhone (iOS) com 264 milhões de downloads apenas em suas versões mobile, segundo dados da empresa de consultoria Apptopia. Lançado em 2018, o jogo da Innersloth desbancou outros grandes nomes do mercado em escala mundial, como Free Fire, PUBG Mobile e Roblox, chegando a levar o o prêmio de Melhor Multiplayer no The Awards 2020.

Basicamente, Among Us possui uma premissa de colocar até 10 jogadores dentro de uma nave onde os inocentes precisam descobrir a tempo quem são os impostores antes que seja tarde demais. Não existe número mínimo de participantes. Matheus Cruz conheceu o game em 2020 através de um amigo e, desde então, virou competidor assíduo. Ele explica que o título pode ser baixado no celular gratuitamente, mas para a versão em desktop deve ser comprado pela plataforma Steam.

Game do momento, 'Among Us' bate recorde de jogadores e é febre entre jovens campo-grandenses

“Quando você convida seus amigos para jogar, você pode criar uma sala ou entrar em uma que já existe. A pessoa tem 3 servidores que podem ser criados: O Norte América, Europeu ou Asiático.”

Depois de convidar os amigos, através de código, um sorteio é feito para decidir quem será o impostor e os tripulantes.

“Os impostores, que vão de 1 até 3, são quem assassinam as outras pessoas.”

O jogo disponibiliza apenas um chat o que, para o estudante de 22 anos, complica na hora de elaborar estratégias. Pensando nisso, Matheus costuma entrar em uma outra plataforma onde consegue fazer chamada de voz com os amigos.

“Não precisamos ficar escrevendo e então facilita.”

Game do momento, 'Among Us' bate recorde de jogadores e é febre entre jovens campo-grandenses
Matheus joga com amigos | Foto: Acervo do leitor

Quando você entra no jogo pode escolher uma cor e colocar um nome e assim identificar o vilão. Após um corpo ser encontrado e relatado para a tripulação, os participantes votam em quem acreditam ser o impostor. O mais votado é expulso.

“O impostor também pode reportar os demais para tentar escapar, já que o jogador que foi assassinado não pode contar quem é o culpado senão perde a graça.”

A biomédica e esteticista Mariana Pereira começou a jogar Among Us há cerca de 8 meses quando ele entrou no Hype.

“O Among lembra aquele jogo da infância de detetive e assassinato, que temos que descobrir quem é o assassino, mas ele é um pouco mais complexo porque tem algumas missões para fazermos dentro do jogo.”

A jovem de 28 anos explica que normalmente disputa com 2 impostores e 8 tripulantes.

“Geralmente o impostor acusa outra pessoa e se ele for um bom mentiroso acaba ganhando o jogo.”

 

Quer saber como começar?

  • Passo 1: Com todos os jogadores definidos, o primeiro passo é decidir quem será o responsável pela criação da sala. Para isso, basta abrir Among Us e clicar na opção “online”, caso não estejam na mesma rede wi-fi.
  • Passo 2: Em seguida, procure pela opção “host” e clique em “creat a game”.
  • Passo 3: Após escolher o mapa e as configurações iniciais, basta clicar em “confirm”.
  • Passo 4: Com a sala criada, o jogador precisa torná-la privada, se não quiser que nenhum desconhecido entre e, por último, passar o código que está na parte inferior da tela para os demais competidores.

Passo 5: Caso você esteja esperando o amigo cumprir o passo a passo anterior, basta clicar na opção “enter code” na aba “private” e colocar o que o seu amigo mandará.

Valores

O título está disponível para ser baixado gratuitamente na versão mobile, no entanto, ele contém propagandas. O restante dos recursos, como roupas e até animais, podem ser adquiridos a partir de R$ 3,99. Enquanto isso, o jogo para computador pode ser comprado na plataforma Steam por R$ 10,89 e já vem completo, com exceção dos cosméticos que podem ser adquiridos dentro do game.

Game do momento, 'Among Us' bate recorde de jogadores e é febre entre jovens campo-grandenses
Mais notícias