MidiaMAIS

Com registro de piraputangas, fotógrafo de MS ganha prêmio nacional por unanimidade

Daniel De Granville Manço, 51 anos, é biólogo e fotógrafo que mora em Bonito, a 292 km de Campo Grande. Com uma foto de tirar o fôlego de um cardume de piraputanga no Rio da Prata, ele conquistou o 1º lugar no concurso nacional “20 Anos do Programa Biota/Fapesp” por unanimidade e levou para casa […]

Nathália Rabelo Publicado em 26/03/2021, às 15h19

None
Foto de Daniel é selecionada para concurso nacional (Foto: Daniel De Granville)

Daniel De Granville Manço, 51 anos, é biólogo e fotógrafo que mora em Bonito, a 292 km de Campo Grande. Com uma foto de tirar o fôlego de um cardume de piraputanga no Rio da Prata, ele conquistou o 1º lugar no concurso nacional “20 Anos do Programa Biota/Fapesp” por unanimidade e levou para casa a honra de registrar uma das maiores belezas sul-mato-grossenses.

O resultado do concurso foi divulgado na tarde de quinta-feira (25) durante evento online, surpreendendo o fotógrafo. Segundo Daniel, ele estava concorrendo com duas fotos: essa e a de uma onça-pintada com seu filhote no meio da vegetação queimada do Pantanal, feita após os incêndios ocorridos na região no ano passado.

“Como era um concurso com forte componente científico, eu imaginei que talvez esta das onças tivesse mais chances, devido a todo o contexto temporal do momento em que ela foi feita” disse. Mas os jurados ficaram encantados pelas belas piraputangas nadando em contraste com a luz solar. Questionado sobre o que achou do resultado, Daniel explica que se sentiu muito orgulhoso pelo seu trabalho ser reconhecido por pesquisadores tão importantes.

“Para mim é bastante relevante, pelo fato de que o júri era composto não somente por profissionais da fotografia, mas também por renomados cientistas da área ambiental. Então, na qualidade de biólogo, ter o reconhecimento de fotógrafos e de cientistas é muito especial”, explicou.

Concurso Biota

Focada nas melhores imagens de natureza ao redor do Brasil, premiação contou com centenas de inscrições, mas pré-selecionou apenas 50 obras na época. Dentre elas, a imagem do cardume de piraputanga no Recanto Ecológico Rio da Prata, de Daniel, ganhou destaque entre os jurados.

Daniel trabalha como fotógrafo de natureza. Além disso, ele também é biólogo, guia e operador de turismo. Ele contou ao MidiaMais que gosta de mostrar os ambientes aquáticos da região sob o olhar dos animais.

A primeira vez que fez uma foto nesse estilo, mostrando a piraputanga – peixe típico na região – por baixo e a copa das árvores contra o céu, foi em 2008. Desde então, continuou explorando e adaptando a técnica. O fotógrafo ainda conta que a imagem vencedora do concurso foi produzida em julho de 2020 sem nenhum planejamento prévio.

Não foi à toa que o registro levou o 1º lugar com votação unanime. Unindo técnica, conceito e paixão pela natureza, Daniel teve a oportunidade de mostrar a beleza regional através de um ponto de vista único. Confira a imagem vencedora:

Foto vencedora de Daniel
Foto vencedora de Daniel (Foto: Daniel De Granville)

Jornal Midiamax