Unidos do Aero Rancho levará a comunicação e críticas sociais para a Passarela do Samba

Escola desfila na segunda-feira (24) no primeiro dia de Carnaval na Praça do Papa

Aos 28 anos de história e uma das mais jovens Escolas de Samba em Campo Grande, a 3 vezes campeã do antigo grupo de acesso GRES Unidos do trará temas que permeiam o que a tecnologia hoje deixou imprescindível: a comunicação social. O enredo de 2020 da verde branca será “A semente do bem e do mal não vem das antenas de TV. A arte da vida humana na comunicação social”.

A Unidos do nasceu de uma brincadeira feita por 12 foliões apaixonados pelo Carnaval. Os moradores se reuniram para comemorar a folia de Momo e, em 1991, decidiram legalizar o grupo e transformar em . Alberto Vieira de Mattos assumiu a presidência 6 anos depois e até hoje comanda a Verde e Branco. Em 2019, o tema foi a Bahia.

Baseando-se em pesquisas feitas em jornais locais, para o a Unidos da levará críticas aos problemas sociais, como ao preconceito, às fake news e ao imediatismo moderno, além de representatividade com uma ala LGBTQ+ . O desfile será encabeçado pelo grupo teatral Falta 1 e por outras 9 alas.

Unidos do Aero Rancho levará a comunicação e críticas sociais para a Passarela do Samba
(Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

“Decidimos mostrar para a comunidade que não é a mídia apenas que erra, há muito por trás. Antes era mais difícil as notícias chegarem a todos. Cada ala nossa traremos um repórter para simbolizar a necessidade da comunicação”, conta a professora e secretária da GRES Silvia Cerqueira.

A modernidade é uma das temáticas abordadas e encenadas pela Escola. Uma das propostas é mostrar como o ser humano se tornou dependente dos dispositivos móveis e toma informações como verdadeiras ao espalhar notícias por redes sociais. Outra problemática é a carência virtual e mudança no emocional das pessoas por causa da tecnologia.

“Tudo é muito rápido. Os relacionamentos acabam por conta do imediatismo. Tem pessoas que se você deixa de mandar mensagem, ou esquece, e elas ligam desesperadamente. Queremos que as pessoas se vejam na situação e se identifiquem”, relata Silvia.

A secretária destaca a necessidade da união no tempo do Carnaval para que a festa seja mais completa e frisa a dificuldade em encontrar foliões para desfilar, mesmo a Escola doando as fantasias e alegorias. As parcerias com grupos e projetos sociais são primordiais.

“Para trazermos a inclusão precisamos de muita gente. É como a comunicação. Fomos a vários veículos pedindo para colaborarem conosco. Quanto mais pessoas colocarmos melhor ficará o Carnaval. A gente faz um milagre”, conta Silvia Cerqueira.

Unidos do Aero Rancho levará a comunicação e críticas sociais para a Passarela do Samba
(Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

A escola também usará do desfile como forma de protesto com a comunicação atual e representações de elementos da história do Brasil. Desigualdade social, homofobia, feminicídio e a corrupção são alguns dos temas que serão abordados pelo carnavalesco Manoel Lemos.

“A mídia são os olhos e a boca do povo. Vamos representar de uma forma que não seja explosiva para levar esses temas para o público e para os políticos”, frisa Manoel.

A Escola do bairro tem pretensão de levar pelo menos 200 foliões à Passarela do Samba, mas o destaque ficará com a Rainha de Bateria Elysa Cerqueira da Silva Flores que desfilará grávida de 9 meses e de sapatilhas. O samba enredo oficial foi lançado no último sábado (15) durante show de prêmios e tem composição de Rodrigo Casanova e Luiz Carlos Atagiba.

Confira o samba-enredo 2020 do Unidos da abaixo:

Sou eu, sou eu
Sou eu
Sou José, sou Maria Maria João,
Carregando o no meu coração
E na cor da camisa verde e branca, levo paz e esperança,
Sou eu
Levo sonho na mente, poeira nos pés
Levo boa notícia, faço meus papéis
E antes de nascer Deus me fez campeão, campeão

No papo de quinta, a notícia é de primeira,
É via internet ,Nossa luta é verdadeira,
Queremos esgoto asfalto
Hashtag ,Cada vez Melhor, cada vez Melhor!
E na televisão
Vemos homens de preto (eleitos na)e a corrupção
Tendo luxo à custa da nossa nação
E ameaçando a liberdade de expressão.
Do povo de bem !
Uooo
Uoooo ooo salve o Brasil não deixe o estrangeiro secar nossos rios. ( não não não não meu irmão deixe não)
Uooo
Uoooo ooo não deixe não
O fogo queimar a mata da nossa nação
Alegria mesmo é futebol no Terrão(2x)
Sou eu, sou eu..

 

Unidos do Aero Rancho levará a comunicação e críticas sociais para a Passarela do Samba
Mais notícias