MidiaMAIS

Por 10 anos, dona Silva conviveu com primeira dupla de Zezé Di Camargo e Luciano

Com novembro quase chegando ao fim, a família de Silvarina Cabral Paim tem muito o que comemorar no bairro Moreninha II, neste domingo (29): a matriarca completa 99 anos de vida. Além da longevidade e lucidez em dia, dona Silva carrega uma recordação pra lá de especial. Em Goiânia, por cerca de 10 anos, a […]

Renata Fontoura Publicado em 29/11/2020, às 15h11 - Atualizado às 15h24

Recordação de dona Silva em Goiânia com Cláudio e a primeira dupla sertaneja na infância - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax
Recordação de dona Silva em Goiânia com Cláudio e a primeira dupla sertaneja na infância - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax - Recordação de dona Silva em Goiânia com Cláudio e a primeira dupla sertaneja na infância - Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax

Com novembro quase chegando ao fim, a família de Silvarina Cabral Paim tem muito o que comemorar no bairro Moreninha II, neste domingo (29): a matriarca completa 99 anos de vida.

Além da longevidade e lucidez em dia, dona Silva carrega uma recordação pra lá de especial. Em Goiânia, por cerca de 10 anos, a idosa conviveu com a primeira dupla de Zezé di Camargo e Luciano. Na época, os sertanejos eram pequenos e viviam longe dos pais para seguirem a carreira musical.

Segundo Nilva Celeste Paim, filha de dona Silva, a mãe se separou de seu pai e foi para a capital de Goiás. Lá, se relacionou com “Cláudio”, um dos primeiros empresários na infância dos cantores. O casal era quem tomava conta dos garotos.

“Ela ficava em casa com Nivaldinho [o irmão de Zezé que morreu ainda pequeno], que tocava violão e Zezé, que tocava sanfona (…) era ela quem carregava e cuidava dos dois”, conta Nilva, relembrando o passado da mãe. 

Por 10 anos, dona Silva conviveu com primeira dupla de Zezé Di Camargo e Luciano
Silvarina comemorando mais belo ano de vida – Foto: Reprodução/Fala Povo/Jornal Midiamax

Recentemente, em 23 de novembro, o pai dos cantores, Francisco José, faleceu em um hospital de Goiânia. A notícia pegou dona Silva de surpresa. “Ela ficou bastante triste”, diz Nilva.

Apesar da senhora ter vivido por tantos anos com os cantores, a relação com a família deles nunca mais aconteceu após a relação com Cláudio terminar. Assim, ela retornou para Campo Grande.

Há cerca de 30 anos, mora com a filha Nilva e seu marido. Ao todo, a aniversariante tem sete filhos, cinco mulheres e dois homens; 35 netos; 40 bisnetos e 20 tataranetos. “São muitos!”, ri Nilva.

“Ela é tudo na minha vida. Não fico sem ela. A gente ama demais”, declara. Com a pandemia, os cuidados foram redobrados para a mãe se manter saudável e, quiçá, viver ainda por muitos anos ao lado da família.

Jornal Midiamax