Para dar visibilidade a artistas negros e periféricos, Cufa realiza 2º festival que termina neste domingo

Expectativa é que novos artistas sejam descobertos no evento

Com objetivos que vão desde dar visibilidade a artistas negros e periféricos ao mapeamento deles, a Cufa (Central Única das Favelas) realiza até este domingo (6) a segunda edição do evento Festival Favela Literária. Entretanto, devido a pandemia da , a quantidade de expositores diminuiu. A programação cultural inclui performances, declamação de s, exposição de autores e apresentações.

A experiência dos artistas e o gênero literário escolhido não é critério para participação, conforme explicou a coordenadora do evento, Lívia Lopes. “Se eles têm obras lançadas ou não, não vem ao caso. O que queremos realmente é mostrar suas obras, sejam elas escritas manualmente, impressas, lançadas em livros com capa ou encadernado, não importa, sejam , ficção, autoajuda ou romance”.

Um dos objetivos é, também, descobrir artistas que estejam dentro das s da Capital e dos outros 26 estados nos quais a Cufa está presente. Segundo dados do (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados em maio de 2020, Campo Grande possui 38 favelas, sendo as mais populosas a da , Samambaia e Mandela.

Para dar visibilidade a artistas negros e periféricos, Cufa realiza 2º festival que termina neste domingo
Alguns artistas participam pela primeira vez. (Foto: Wirlan Duka/ Cufa)

Por causa da pandemia de coronavírus, a segunda edição conta com número menor de artistas. Para os visitantes, é obrigatório ir de máscara e manter distanciamento, inclusive dos trabalhos expostos.

O evento ocorre no espaço Larica’s Cultural, localizado na Rua Antônio Maria Coelho, número 1663, com início às 18h. A entrada custa R$ 5 mais um quilo de alimento não perecível, ou R$ 10 sem o alimento. O dinheiro arrecadado já tem destino certo, será revertido para campanha de natal a ser realizada na cidade. Em paralelo às atividades com horário marcado, artistas expõem seus trabalhos durante todo o período de duração do evento.

Confira a programação deste domingo:

Apresentação Marta Cel – 18h às 18h30

Apresentação Karla Coronel – 18h30 às 19h

Apresentação TGB – 19h às 20h

Host – Falar do evento – 20h às 20h10

Declamação – 20h10 às 20h15

Performance Luara – 20h15 às 20h25

Apresentação DJ Sorriso – 20h25 às 21h25

Performance Ariel – 21h25 às 21h35

GF e Shabba – 21h35

Para dar visibilidade a artistas negros e periféricos, Cufa realiza 2º festival que termina neste domingo
Junto a apresentações marcadas, exposições acontecem durante todo o período do evento. (Foto: Wirlan Duka/ Cufa)
Para dar visibilidade a artistas negros e periféricos, Cufa realiza 2º festival que termina neste domingo
Mais notícias