Mortes de Maradona e Tom Veiga lideraram pesquisas no Google, em 2020

Kobe Bryant também aparece na lista, em terceiro lugar

O ano de 2020 foi marcado por tragédias, pandemia e morte de inúmeras celebridades. Faltando menos de um mês para terminar o ano, muitos internautas já pediram o cancelamento do ano. A ida do craque Diego Maradona e do intérprete de Louro José, , ambos em novembro ficaram entre os assuntos mais procurados do na categoria “Mortes”.

Nenhuma das duas causas foi por coronavírus. O ex-jogador argentino Diego Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória, no dia 25. Já o ator , companheiro ao lado de no programa Mais Você, foi encontrado morto em casa, no dia 1, após um (acidente vascular cerebral).

A morte da lenda do basquete Kobe Bryant, 41 anos, em 26 de janeiro, após um acidente de helicóptero na Califórnia completou o pódio dos 3 assuntos mais procurados na categoria.

Em quarto lugar, ficou a morte da atriz Naya Rivera, que desapareceu durante um passeio de barco com o filho, em 9 de julho. Flávio Migliaccio, ficou no quinta lugar mais procurado ao ser encontrado morto, em seu sítio, no dia 4 de maio.

Chadwick Boseman, Rodrigo Rodrigues, Fernando Vanucci, Arnaldo Saccomani e Moraes Moreira completam a lista das mortes mais procuradas na web. 
Mortes de Maradona e Tom Veiga lideraram pesquisas no Google, em 2020
Mais notícias