MidiaMAIS

Método de terapia é usado em hospital para ajudar funcionários durante pandemia

Os profissionais do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), estão recebendo ajuda emocional durante a pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. A Terapia Floral está sendo usada como forma de auxiliar os funcionários no controle de sentimentos e emoções no hospital que mais concentra casos suspeitos e confirmados da doença. A ação é […]

Mariane Chianezi Publicado em 12/05/2020, às 18h49

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Os profissionais do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), estão recebendo ajuda emocional durante a pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. A Terapia Floral está sendo usada como forma de auxiliar os funcionários no controle de sentimentos e emoções no hospital que mais concentra casos suspeitos e confirmados da doença.

A ação é promovida pelo NIEPPICS-MS (Núcleo de Implementação Para Práticas Integrativas e Complementares em Educação e Saúde de Mato Grosso do Sul), juntamente com a ASTERFLOR-MS (Associação dos Terapeutas Florais de Mato Grosso do Sul).

A diretora do Núcleo e presidente da Associação, Joseanne Roque, explica que é importante lembrar da qualidade de vida do funcionário, principalmente dos que estão na linha de frente no enfrentamento da Covid-19.

“Quando saiu a notícia que o Hospital Regional foi o escolhido para abrigar os casos de coronavírus, notou-se que todos os colaboradores ficaram tensos e preocupados, isso mudaria muita coisa na vida deles tanto pessoal como no trabalho e foi aí que, em contato com uma enfermeira e com o setor de assistência ao servidor do HRMS, resolvemos montar essa ação de solidariedade”, conta.

Cerca de 700 frascos de florais já foram entregues no hospital. A Terapia Floral é uma prática reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pelo Ministério da Saúde. Além disso não é invasiva, não é farmacológica e não tem contra indicações, sendo eficaz para o controle das emoções.

“Em momentos de epidemias, pandemias e catástrofes olhamos para as emoções coletivas como, por exemplo, o medo, o pânico, a insegurança e alto índice de estresse, com esse conceito monta-se o buquê floral que pode ser usado por todos, pois estão passando pela mesma onda de situações, independente das suas particularidades”, explica a terapeuta Joseanne Roque.

As essências foram doadas por amigos da Terapia Floral e pelo sistema floral brasileiro de Saint Germain. A entrega aos funcionários é feita em frasco pet com válvulas spray para facilitar o uso. Além do Hospital Regional, também recebem florais a Maternidade Cândido Mariano, o Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Hospital Universitário, Hospital Elmíria Silvério Barbosa (em Sidrolândia) e a Secretaria Municipal de Saúde de Batayporã, totalizando 1.300 frascos de florais doados até o momento.

Jornal Midiamax