GRES Unidos do Cruzeiro leva as perdas e ganhos dos jogos para o Carnaval 2020

Escola de samba está na preparação para desfilar no dia 24 de fevereiro com metalinguagem crítica sobre a festa em Campo Grande

“Jogar é um desafio, desafios envolvem riscos, riscos envolvem incertezas, incertezas envolvem perdas ou ganhos”, este será o samba enredo da GRES Unidos do Cruzeiro no Carnaval 2020, localizada no coração do bairro Estrela do Sul e presidida pelo figurinista Alex Guedes.

Tradicional na família do presidente, a Escola de Samba era comandada pelo pai, popularmente conhecido como ‘Picolé’ e falecido há 14 anos. Em 1960, o sambista participou do início do Carnaval campo-grandense chegando a desfilar para a tradicional Acadêmicos do Samba. Em 1981, ‘Picolé’ fundou a Unidos do Cruzeiro e Alex assumiu a presidência.

GRES Unidos do Cruzeiro leva as perdas e ganhos dos jogos para o Carnaval 2020
Alex Guedes é presidente da Unidos da Cruzeiro desde 2005 e seguiu os passos do pai, fundador da Escola em 1981 (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Uma das poucas escolas a desfilar todos os 39 anos de existência à base do voluntariado, neste ano a Cruzeiro entrará na Passarela do Samba em fevereiro com o tema Jogos, e ao mesmo tempo, fará uma metalinguagem crítica ao próprio Carnaval campo-grandense.

“De uns anos pra cá pessoas capacitadas na área do Carnaval estiveram vindo de fora e passamos a menosprezar os nossos artistas. Porta-bandeiras, rainhas de baterias, intérpretes se tornaram cartas marcadas. Para a escola está tudo perfeito, é uma vitória chegar até a Passarela, mas o jogo também começa ali”, conta o presidente Alex Guedes.

O sambista reafirma que o tema gira entorno do jogo, da competição, o preparo, o incentivo, a igualdade. Diferente das grandes metrópoles, em Campo Grande o Carnaval é impulsionado pelo amor à festa. Para tal, relembra a batalha com o investimento tanto do poder público para a Festa, quanto para a produção dos materiais, que em sua maioria são reciclados e refeitos de outras escolas de samba de outros estados para agradar o júri e o público.

GRES Unidos do Cruzeiro leva as perdas e ganhos dos jogos para o Carnaval 2020
Fantasias serão feitas reutilizando e recriando peças de Carnavais passados em novas produções baseadas na criatividade dos voluntários (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

“Dessa forma que vamos falar de jogos. Existe o objetivo de falar do tema como forma crítica. A nossa intenção em 2020 é levar 400 pessoas à Passarela do Samba no dia 24 de fevereiro. Gastamos em média, por pessoa, R$100. Uma pedra, um tecido, um galão, os adereços. Fora os carros alegóricos que vão além da fantasia. Não é fácil fazer Carnaval”, conta o presidente da Unidos do Cruzeiro.

As Escolas de Samba de Campo Grande estão com seus enredos e sambas de enredo definidos para o desfile dos dias 24 e 25 de fevereiro na Passarela do Samba no Carnaval 2020, ao lado da Praça do Papa. Haverá transmissão ao vivo pela TVE Cultura e pelo Facebook da Liga das Entidades Carnavalescas da Capital, a Lienca CG.

Confira o samba enredo e a letra da GRES Unidos do Cruzeiro abaixo:

 

O jogo vai começar as cartas já estão na mesa
Cruzeiro mostra sua grandeza
Não adianta blefar não adianta correr hoje o coro vai comer
Num cenário multicor
Majestoso e divino
O meu reino era um cassino
Sonhei com o jogo da verdade
Da 14 de julho ,só ficou saudade
Vou ser um vencedor no jogo do Amor
Vou ganhar seu coração
O amanhã como será
Quem responderá

NO JOGO DA VIDA GANHAR OU PERDER
FAZ PARTE DO LANCE
É PRECISO APRENDER
VOU APOSTAR ALTO
PRA SER O PRIMEIRO
EU CANTO BEM FORTE
TE AMO CRUZEIRO

Os nossos artistas ,ficaram de fora
Da jogada , de cartas marcadas
Faça a aposta , a roleta gira
Sou um ganhador, no palco da magia
A final, não tem vencedor nem vencido , em busca da sorte segue a vida com consciência cruzeiro é amor
Samba e resistência.

GRES Unidos do Cruzeiro leva as perdas e ganhos dos jogos para o Carnaval 2020
Mais notícias