Família revela quem é a professora sul-mato-grossense que briga para entrar no BBB20

Renata Dornelles Furtado está confinada na Casa de Vidro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro até terça-feira (4), quando saberá se entra ou não no BBB

Nascida em Coxim e radicada em Campo Grande desde os 11 anos, a professora de Educação Física de 32 anos Renata Dornelles Furtado é a 6ª representante do Mato Grosso do Sul a participar do BBB, um dos realitys mais assistidos da televisão brasileira.

A educadora está confinada na Casa de Vidro, em um shopping no Rio de Janeiro e saberá se entra ou não no BBB20 nesta terça-feira (4) após a eliminação do paredão. Ao Jornal Midiamax, a família de Renata falou sobre as expectativas da participante e como ela irá alcançar o prêmio de R$1,5 milhão.

Natural de Coxim, as duas eram familiarizadas com a natureza do interior e do Pantanal quando crianças, segundo conta a irmã Fernanda Dornellas Furtado. A família se mudou para Campo Grande quando Renata tinha 11 anos depois de uma oportunidade de trabalho.

https://www.instagram.com/p/B8FHUKshp_2/

“Meus pais casaram e foram morar em Coxim. Sempre fomos apaixonadas pela cidade.Subíamos em árvore, andávamos descalças, conhecíamos todo mundo, porque o povo coxinhense é um povo acolhedor, unido. Temos muito orgulho. Ela ainda tem o erre da terra”, conta a irmã.

Professora de educação física formada pela UFMS de Campo Grande, a irmã conta que Renata sempre foi muito animada e alegre, por isso escolheu a profissão que tem energia de sobra. “Ela não é só beleza. Ela tem essa força , esse gás e é muito inteligente”, ressalta.

A família conta que uma das qualidades de Renata é sempre cair de cabeça nos projetos que foca em conquistar. Um dos exemplos foi o intercâmbio para os Estados Unidos, onde trabalhou como babá para pagar o curso de inglês, e ter passado em um concurso público com 25 anos.

Para entrar no reality, sonho de muitos anônimos brasileiros, a educadora física participou de uma seletiva em junho de 2019. Na quarta-feira (29), a participante já foi isolada da família sem nenhum contato, e no sábado (2) apresentada na Casa de Vidro, onde disputa uma vaga contra outra confinada confinada. A outra vaga será definida entre os outros dois participantes homens.

A motivação da professora é ajudar a família, mudar de vida e mostrar ao Brasil quem ela é e como é o Mato Grosso do Sul. Segundo a irmã, nada está programado, a único objetivo é passar a alegria.

“Ela é uma pessoa muito sortuda, mas também tem essa garra, essa força. Uma amiga que me ligou da frente da casa de vidro lá no Rio de Janeiro me disse que ela não tem noção ainda da proporção que tudo tomou e como estamos trabalhando e agindo aqui fora para mobilizar as pessoas”, conta Fernanda.

Sobre a saudade e expectativa, Fernanda relata que a família está acompanhando Renata 24 por dia através das redes e canais para não perder nenhum momento. Os alunos e colegas de trabalho, além de amigos de Coxim e Campo Grande também estão na torcida.

“A gente não dorme. Mesmo com a saudade grande, esperamos que ela entre. A minha mãe votou por 17 horas seguidas quase, meu pai também votando. Estamos vivendo isso, muito felizes e orgulhosos cada vez que ela entra ao vivo. Coração está apertado mas daqui 3 meses e com R$1,5 milhão no bolso a gente mata a saudade”, contou a irmã em tom de brincadeira.

Clique aqui para votar em Renata e colocá-la na casa mais vigiada do país ao lado de Bianca, Manu, Mari, Babu, Pyong, Hadson, Prior, Thelma, Marcela, Victor Hugo e outros brothers do BBB20.

Mais notícias