Facebook lança ferramenta para atingidos por ‘Ciclone Bomba’

Usuários podem oferecer ajuda ou pedir doações

Pensando no ciclone que atingiu a região Sul do país e deixou milhares de moradores desabrigados e incomunicáveis, o lançou uma ferramenta para facilitar a comunicação entre os usuários. Na página, é possível pedir doações, oferecer ajuda e até se marcar como “seguro”.

Assim que o usuário se marca como “seguro”, a própria ferramenta divulga o comunicado entre os amigos do perfil. Solidárias, algumas pessoas já estão publicando doações de material de construção para quem teve a casa atingida pelas rajados de vento. Outros perfis também se disponibilizaram a fazer ligações para familiares de quem estava sem sinal de celular.

Reflexo em

“Ciclone Bomba” que causou estragos e até mortes no sul do país também teve reflexos em Mato Grosso do Sul. Dados do Inmet (Instituto Nacional de ) apontam que foram registradas rajadas de vento de 70 km/h em Corumbá, na madrugada desta quarta-feira (1º).

De acordo com o meteorologista do Inmet, Mamedis Luiz Melo, o município de Angélica registrou rajadas de 68 km/h e cidades como Caarapó, Bonito e Iguatemi também tiveram ventos nessa faixa de intensidade.

Facebook lança ferramenta para atingidos por 'Ciclone Bomba'
Mais notícias