Ex-alunos dedicam vitória em Torneio Estadual de Xadrez a professor assassinado

Nivaldo Arruda, Marcelo Lopes e Jairo Almeida levaram a equipe intitulada em homenagem ao professor Paulo Setterval ao topo do pódio virtual

A equipe Paulo Setterval, formada por três ex-alunos do Colégio Militar de Campo Grande, venceu todos os confrontos realizados, e sagrou-se campeã do torneio estadual entre equipes “ TEA 2020” de 29 de junho a 9 de julho. Os ex-alunos Nivaldo Arruda, Marcelo Lopes e Jairo Almeida homenagearam o major e professor de matemática Paulo Setterval, morto em 2019 após um assalto em Bonito, no interior de .

O professor foi o idealizador do Xadrez no Colégio Militar de Campo Grande no fim dos anos 90 e início dos anos 2000, e acompanhou os alunos em diversos torneios nacionais e internacionais. À época, conquistaram expressivos resultados por equipes (Brasileiro Escolar, Jogos Abertos de Campo Grande), e individuais (Campeonato Estadual Absoluto e por Categorias, Campeonato Brasileiro e Mercosul), e ainda representaram o país em torneios pan-americanos e em mundial na .

Torneio à distância

O evento, realizado pela FESMAX (Federação Sul-Mato-Grossense de Xadrez) e arbitrado por Danny Davalos, foi disputado por meio de plataforma de Xadrez digital, por conta da pandemia do COVID-19, em evento que reuniu mais de 50 enxadristas, divididos em equipes.

Cada equipe era formada por três jogadores, e ao se enfrentarem em um match, saía vencedora a equipe que conquistasse 02 pontos ou mais, sendo que no Xadrez a vitória vale 01 ponto, empate 0,5, e a derrota não conta.

A equipe campeã foi formada por Nivaldo Arruda, Marcelo Lopes e Jairo Almeida, destaques das equipes escolares do Colégio Militar de Campo Grande:

Ex-alunos vencem Torneio Estadual de Xadrez em homenagem a professor morto em 2019
Marcelo Lopes, Nivaldo Arruda e Jairo Almeida, respectivamente (Reprodução, Arquivo Pessoal)

Nivaldo Arruda, servidor público federal e Prof. de Xadrez, campeão estadual nas categorias 12 e 14 anos, e atualmente Mestre Nacional de Xadrez, jogou no tabuleiro nº 01, e saiu invicto do certame com 03 vitórias e 02 empates.

Marcelo Lopes, advogado, bicampeão estadual absoluto e campeão brasileiro escolar, jogou no tabuleiro nº. 02, e terminou a disputa com 03 vitórias, 01 empate e 01 derrota.

Jairo Almeida, servidor público estadual, campeão brasileiro escolar e campeão Mercosul na categoria 18 anos, jogou no tabuleiro nº. 03, saindo invicto, com 04 vitórias e apenas 01 empate.

“O título da equipe foi uma singela homenagem póstuma ao Prof. Paulo Setterval, uma forma de agradecimento a todos os momentos de alegria e os ensinamentos para a vida, muito além dos tabuleiros de Xadrez”, explicam.

Morte trágica

O professor de e major aposentado Paulo Settervall, de 57 anos, foi assassinado a facadas em frente a um hotel em Bonito, distante 287 quilômetros de Campo Grande em abril de 2019. Segundo informações policiais, testemunhas disseram que ele teria reagido a um assalto em frente ao hotel, quando foi esfaqueado.

Settervall foi professor do Colégio Militar de Campo Grande e homenageado em 2019 pela Obmep ( Brasileira de das Escolas Públicas) por ter sido premiado em cinco edições das s. Settervall lecionava em uma escola particular da Capital após ter deixado o Exército.

Ex-alunos dedicam vitória em Torneio Estadual de Xadrez a professor assassinado
Mais notícias