Embarcação é desencalhada e cantor Eduardo Costa segue para gravar DVD no Pantanal

Depois que barco encalhou, artista passeou pelo Porto Geral, atendeu fãs e passou a noite em hotel de Corumbá

A embarcação que seguia com o cantor já foi desencalhada do Porto Geral em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. O sertanejo prossegue a viagem até o Pantanal de , onde começa a gravar um DVD nesta sexta-feira (18).

Depois que o barco encalhou, o artista passeou pelo Porto Geral, atendeu alguns fãs e passou a noite em um hotel da cidade. Ele chegou a gravar um vídeo, explicando que sua ida até Corumbá é a trabalho, para gravar um DVD intitulado: “ no Pantanal”.

“Estou aqui para gravar um DVD, um trabalho maravilhoso, trabalho top! Era para eu ter começado a gravar hoje, mas infelizmente o barco que eu ia gravar teve um problema e ele encalhou e acabou não dando para a gente entrar na gravação. Mas começo nesta sexta, vai ser um trabalho maravilhoso, diferente, bem mais regional, moda mais caipira. Trabalho caipirão! Trem bem diferente”, disse o artista.

Ele também agradeceu a acolhida que teve na cidade. “Quero aqui agradecer o povo de , pelo carinho, estou em Corumbá, tive a oportunidade de conhecer pessoas maravilhosas”, disse .

Encalhou no Porto Geral

A embarcação, que realiza viagens de pesca esportiva no Pantanal de Corumbá, encalhou nesta quinta-feira (17), por conta do baixo nível do rio Paraguai. O barco-hotel da empresa de Peralta Cruise de três andares e 270 toneladas, foi construída em 1989 e remodelado em 2017. Ela tem capacidade máxima para 20 pessoas e conta com 10 suítes.

De acordo com o Diário Corumbaense, para desencalhar, foi usado um rebocador de bandeira paraguaia. Militares da Marinha do Brasil foram acionados, realizaram uma vistoria na embarcação e também ajudaram nos trabalhos.

Pior seca em 50 anos

O nível do rio assustou quem passa diariamente pela região. “Nunca vi uma situação como essa em três décadas. Estou em Corumbá com o Peralta desde 1989, eu nunca vi o rio baixar tanto do jeito que está hoje, é uma situação atípica que estamos vivendo. Inclusive, todos os parceiros de outros barcos também estão com dificuldade devido aos bancos de areia”, disse o empresário Luiz Roberto Barreto Sakamiti.

Embarcação é desencalhada e cantor Eduardo Costa segue para gravar DVD no Pantanal
Imagem: Diário Corumbaense.

Nesta sexta-feira (18), a altura do rio Paraguai, na régua de Ladário, é de 0,25 metro. O rio é o oitavo maior em curso de água da América do Sul. Tem cerca de 2.600 km de extensão. Nasce no município de Alto Paraguai, a 219 km de Cuiabá, e banha quatro países, na nascente no Brasil, passando pela Bolívia, Paraguai e chegando à foz na Argentina.

O rio vive a pior seca dos últimos 50 anos. Sem chuva, o nível segue baixando e segundo dados do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o rio já atingiu o menor nível da história. Em anos normais, nessa mesma época do ano, o rio passa dos três metros. Em 25 dias, o rio pode atingir seu nível mais crítico, chegando a 30 centímetros abaixo da cota que é considerado o nível mínimo.

Embarcação é desencalhada e cantor Eduardo Costa segue para gravar DVD no Pantanal
Mais notícias