Comunidade quilombola de Dourados resgata sincretismo religioso em homenagem a São Sebastião

A festa acontece neste sábado (25), no Distrito da Picadinha, partir das 18h

A cultura-afro descente, a mística dos Três Reis Magos e a força do Santo Guerreiro, São Sebastião estarão reunidas em um só momento no próximo sábado (25) no Distrito da Picadinha, em Dourados a partir das 18h. A iniciativa é da ARQDEZ  (Associação Rural Quilombola Dezidério Felipe de Oliveira) que preserva a cultura iniciada há mais de cem anos.

A festa folclórica tem origem no berço da família Braga Oliveira Ximenes Santana que já cultuava os Três Reis Magos com a realização das tradicionais visitações nos sítios, chácaras e fazendas e que também passou a levar a Bandeira de São Sebastião. Em meio aos cânticos religiosos , os fiéis fazem as mais variadas preces, que vão desde pedidos de cura à solicitações de boas colheitas.

No entendimento de alguns estudiosos, essas manifestações religiosas têm início no dia 25 de dezembro, passando pelo dia 6 de janeiro, com as comemorações da Folia de Reis. Em seguida, os festejos populares começaram a se estender, com intervalo de uma semana, até o dia 20 de janeiro, data em que é celebrado o dia de São Sebastião.

Durante as peregrinações nas casas das famílias, as pessoas fazem doações em dinheiro, em galinhas, porcos, vacas e mantimentos. Tudo  que é arrecadado é guardado para a realização de uma grande festa em homenagem aos “reis santos”  e também à São Sebastião. “É uma festa muito antiga, folclórica, que não se perde e que se mantém viva por aqueles descentes que acompanham essa tradição com fé e esperança”, explica o presidente da ARQDEZ , Gerson Areco.

Segundo Areco, a cada ano que passa,  aumenta o número de famílias participantes. Ele ainda destaca a união das pessoas em torno das graças alcançadas. “É muito bonito a gente ouvir as pessoas relatando as bençãos recebidas, as vitórias conquistadas. Isso nos motiva a acreditar que podemos continuar seguindo no caminho do bem”, explica o coordenador da Associação.

Mais notícias