Com menos circulação, Bonito parece cenário de cinema pelas belezas naturais

Impacto positivo já pode ser observado na região

Desde que o prefeito de Bonito anunciou medidas contra o coronavírus,  pelo prazo de 20 dias corridos a partir de 19 de março, houve uma drástica redução no número de visitantes e moradores passeando pelas ruas do melhor destino de ecoturismo no Brasil. As mudanças no impacto ambiental já puderam ser observadas, na manhã desta terça-feira (31), com as águas cristalinas no Parque Ecológico .

Com a ausência de visitantes, o local ficou parecendo cena de cinema. As belezas naturais impressionaram com a água totalmente translúcida. Em dias normais, o Parque é alvo dos visitantes que buscam entrar em contato com a natureza. Passeios incluem caminhada até o deque e boia cross com percurso de 1.200 metros, passando por 08 corredeiras. Além disso, também existem trilhas e espaços para descanso.

A flora exuberante atrai pássaros e animais silvestres para a região. Os visitantes também podem mergulhar próximo a cardumes de peixes, entre algas e troncos submersos.

Redução de poluição

O mesmo fenômeno também ocorreu em outros lugares do mundo. Após 12 dias de quarentena na Itália, sem as gôndolas circulando, já foi possível observar as águas dos canais de Veneza clareando. Golfinhos, cisnes e cardumes de peixes chegaram a ser flagrados pelos moradores. Estudos também apontaram uma melhora de 21,5% na qualidade do ar na China, onde, em Pequim, pessoas usam máscaras para se proteger da poluição.

Com menos circulação, Bonito parece cenário de cinema pelas belezas naturais
(Veneza)

Animais

As medidas de isolamento no Rio de Janeiro também trouxeram de volta alguns animais que não eram vistas frequentemente nos pontos turísticos da Cidade Maravilhosa. Gralha-do-campo, Lagarto Teiú, beija-flores e espécies de abelhas como Jataí, Uruçu-amarela e Mirim foram alguns dos animais flagrados pelas áreas do Bondinho do Pão de Açúcar desde que a atração suspendeu as atividades. Espécies da fauna marinha, como a Tartaruga Verde, e pássaros como Fragata, Pomba Asa Branca, Suiriri, Canário da Terra e Lavadeira Mascarada também voltaram a “passear” na Baía de Guanabara.

Com menos circulação, Bonito parece cenário de cinema pelas belezas naturais
(Foto: Divulgação/Andrea Soffiatti
Com menos circulação, Bonito parece cenário de cinema pelas belezas naturais
Mais notícias