Cantor de pagode da Capital está internado com Covid-19 e tem 50% do pulmão comprometido

Dieguinho se diz surpreso com o diagnóstico, mas já consegue se comunicar com familiares e amigos

O cantor de pagode campo-grandense Dieguinho, conhecido como “A boa do Dieguinho”, está internado no Hospital Regional com diagnóstico de Covid-19. Ele apresentou os primeiros sintomas na última segunda-feira (24) e, após exames, os resultados apontaram que 50% do pulmão dele está comprometido.

Na segunda-feira, ele conta que começou a sentir uma leve falta de ar. Na terça-feira os sintomas pioraram, ele não conseguia respirar e procurou atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon. Após fazer o teste, que confirmou o resultado positivo para o coronavírus, Dieguinho foi transferido para o HR.

Agora, o músico respira com ajuda de aparelhos e recebe oxigênio. Ele conta que o primeiro sentimento foi de desespero, além da surpresa após o resultado. “Ninguém da minha família teve Covid-19, eu só via os sintomas pela televisão. Foi tudo muito rápido, de um dia para o outro piorei”.

Dieguinho garante que cumpria todas as regras de biossegurança, como utilização de álcool em gel e máscara. “Desconfio que tenha sido em algum supermercado ou local parecido, porque eu sempre tive bastante cuidado, minha mãe é idosa e minha esposa asmática”, diz sobre a hipótese de onde possa ter contraído o vírus.

Ele está em total isolamento e não recebe visitas no hospital, mas consegue se comunicar com familiares e amigos através de aplicativos de mensagens. Nas redes sociais, ele postou stories com música gospel e recebeu mensagens de amigos, como o produtor Dandan Nahas, que, esperançoso, disse ser “só mais uma pedrinha no caminho”.

Cantor de pagode da Capital está internado com Covid-19 e tem 50% do pulmão comprometido
Mais notícias