Cândido Mariano suspende visitas e trabalho de doulas por 15 dias

Atendimento no Ambulatório também está interrompido

Diante da pandemia do coronavírus, o presidente da Maternidade Cândido Mariano enviou um comunicado interno, na última segunda-feira (16), com algumas medidas que devem ser tomadas por 15 dias para conter a disseminação da doença. Dentre as determinações, está a suspensão de visitas e interrompidos os atendimentos ambulatoriais da Rua 25 de Dezembro.

As precauções devem ser seguidas, segundo Cezar Luiz Galhardo, para proteger os colaboradores e pacientes da infecção do vírus Covid-19.

A partir desta terça-feira (17) os funcionários deverão:

  • Proibir as visitas nas enfermarias, apartamentos e unidades Neonatal.
  • Poderá permanecer nas Unidades Neonatal como acompanhante a mãe ou o pai, podendo haver revezamento uma vez ao dia.
  • A troca de acompanhante nas enfermarias e apartamentos serão feitos em 2 horários, às 7h e às 19h.
  • Permanecerá o direito a um acompanhante durante a consulta, o pré-parto, parto, pós-parto, desde que o mesmo não apresente sintomas.
  • Todos os atendimentos externos do Ambulatório da Rua 25 de Dezembro e Unidade de Diagnóstico estão suspensos.
  • Uso obrigatório de itens de segurança para recepcionistas, porteiros, médicos, enfermagem e outros profissionais que atuam no acolhimento.
  • Suspensão dos trabalhos realizados pela equipe do voluntariado, capelania hospitalar, estagiários, acadêmicos, doulas e fotógrafos.
  • Retirada de funcionários com 60 anos ou mais.
Mais notícias