Bonito deve retomar atividades em junho com descontos até o final do ano

Visitantes podem comprar ingressos com até 60% de desconto

A suspensão das visitas nos atrativos de Bonito já tem data para terminar: junho. Desde que o prefeito de Bonito anunciou medidas contra o coronavírus, houve uma drástica redução no número de turistas e moradores passeando pelas ruas do melhor destino de ecoturismo no Brasil. Agora, assim que reabertos, os atrativos devem ter tarifas de baixa temporada até final do ano, inclusive em feriados.

A Atratur (Associação dos Atrativos Turísticos de Bonito e Região) orientou, em reunião realizada nesta quinta-feira (23), que passeios e demais atividades turísticas reabram oficialmente em junho, de modo a garantir a segurança de turistas e da população.

Os valores promocionais da campanha MS+Bonito, voltados para sul-mato-grossenses e residentes no Estado, serão válidos durante todo o ano. Os descontos chegam a até 60% em passeios, restaurantes e hotéis.
Bonito deve retomar atividades em junho com descontos até o final do ano
(Foto: Valter Patrial)
A ideia é acabar com a fama de que tudo em Bonito é muito caro e atrair o público local para conhecer suas belezas. “Nada melhor depois desse período fechados em casa que reunir sua família e amigos num ambiente aberto para ver vida, pássaros, peixes e a natureza exuberante de Bonito, evitando grandes aglomerações e priorizando sua saúde”, explica Pablo Vieira, comercial da H2O Ecoturismo.
É importante lembrar que o decreto municipal mais recente da prefeitura de Bonito institui que os passeios devem ficar fechados até o último dia deste mês. A decisão da reunião da Atratur representa a maioria dos atrativos turísticos da cidade, mas outros passeios
podem reabrir em maio caso não haja renovação do decreto municipal.

Campanha MS+Bonito

A campanha nasceu no ano passado e oferece descontos para que os sul-mato-grossenses
visitem as atrações de Bonito com preços acessíveis, condições facilitadas e vantagens. Criado pela H2O Ecoturismo, o projeto visa valorizar o morador do Estado que ainda não conhece a cidade.
Especialistas do setor de turismo apontam que as primeiras viagens pós-pandemia devem ser para destinos nacionais. Bonito deve estar entre os destinos mais procurados por oferecer atrações ao ar livre e com quantidade limitada de visitantes.
Bonito deve retomar atividades em junho com descontos até o final do ano
Mais notícias