Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop

Ainda muito novo, o jovem músico demonstra saber bem o que quer a vida e já escreveu mais de 500 composições.

A cena do , Hip Hop e vertentes tem um novo aliado para somar à cena autoral do Estado. Quando digo novo, também me refiro à idade do , que tem apenas 17 anos, mas já fala com propriedade sobre seu trabalho, sua carreira e onde quer chegar. Esse é o Ayach, nome artístico de Eduardo Ribeiro Ayach, nascido em Aquidauana, MS, mas tem Campo Grande como base artística e profissional. Ousado, ele reconhece seu papel artístico e quer acrescentar sua sonoridade original ao leque musical produzido no Mato Grosso do Sul.

“A música sempre fez parte de mim. Desde criança eu já tinha muito interesse, curiosidade, gostava de experimentar vários instrumentos”, conta Ayach.

Hoje, o músico vive a vertente da música urbana, , Hip Hop e outros. Seu contato com a música veio de muito cedo e naturalmente. Apesar de não ser de uma família de artistas, os pais nunca deixaram de mostrar seus gostos musicais e sem querer, querendo, entre um DVD musical e outro (lembra dessa fase dos DVDs de shows?), acabaram influenciando o garoto a ser o que é hoje: artista!

Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop
Ayach em visita ao estúdio do Midiamax (foto: Balds)

“Em casa, meus pais não são músicos, mas são grandes apreciadores de música. Eu via os DVDs deles com as bandas brasileiras, peguei muito aquela época de ver DVD, os artistas lançavam muitos. No carro a gente sempre escutava músicas e peguei esse costume desde pequeno”, diz.

Antes de contar mais sobre o trabalho do , ele acaba de lançar seu mais novo videoclipe, intitulado Lilith, com direção de Lucas Balds e produção musical de Toniazzo e Ayach.

Aperta o Play!

Com dois videoclipes lançados, Ayach afirma ter se empenhado muito na concepção do registro audiovisual de sua nova música:

“O clipe é a expressão visual da minha nova música. O Lucas Balds é produtor audiovisual do vídeo, bolou a ideia, dirigiu a equipe e todo mundo que trabalhou no projeto. Quem produziu a música foi o Produtor Toniazzo, junto comigo. A música chama Lilith, que é uma deusa, é a representação do empoderamento feminino. Também foi uma maneira de retratar um sentimento que eu tinha por determinada garota que conheci, que tinha um efeito de deusa sobre mim, ela me controlava, ela sabia dos meus sentimentos”, conta ele.

No ar desde o dia 22/02, até a data de hoje, o videoclipe já foi reproduzido mais de 2 mil vezes. Sucesso!


O menino músico

Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop
Campeão de um Festival da Canção, em 2011 (foto: acervo pessoal)

Sabe quando a criança já nasce para profissão? A mãe de Ayach, a professora Lucy Ayach, conta que o filho já veio “prontinho” para ser músico, não tem outra explicação! “Cheguei à conclusão, como mãe, que ele nasceu já músico. Tenho fotos em casa, dele brincando, ele amarrava uma vassoura como se fosse um microfone, improvisando um batuque, uma viola… Nunca achei que fosse ser sério, mas a gente foi vendo que ele era dependente daquilo, de chegar em festas, ele com 4, 5 aninhos e já querer tocar”, revela a mãe.

Apesar dos pais acharem que fosse uma brincadeira passageira, a fase musical não passou, só cresceu, até que aos 9 anos começou a fazer aulas de música. O menino músico começou pela flauta (doce e transversal), daí vieram o piano, violão, contra-baixo, bateria, clarinete, saxofone, trompete, ukulele, bandolim, ufa… faltou algum?!

“Eu toco no total 12 instrumentos, porém o meu preferido é o piano, é minha base e referência. Hoje trabalho mais a voz, no meu trabalho como intérprete, em geral, acabo não me apresentando com o piano ou no violão, mas são os instrumentos que gosto de tocar e que fazem parte da minha rotina”, conta Ayach.

Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop
Bem pequenininho, o músico já tinha pinta de Rock Star (foto: acervo pessoal)

Bate Bola, Jogo Rápido

Ayach, como o Hip Hop te escolheu?

Na minha vida até hoje, já passei por várias fases até chegar na que estou hoje. O Hip Hop é um estilo que eu gosto, que me representa e eu procuro embasar o meu trabalho, trazer a minha originalidade para essa área, dentro do cenário musical do Estado e do país.

Mas ainda tão novo, como que você definiu que seria músico?

Chegou um determinado momento da minha vida que quis saber mais disso, me aprofundar, saber como é. Comecei a aprender a tocar alguns instrumentos musicais, mais tarde fui desenvolvendo meu lado compositor, cada vez mais fui gostando dessa área. Hoje consigo me definir quem eu sou.

E a primeira composição, você se lembra?

Minha primeira música deve ter surgido lá pelos meus 8 anos, quando eu realmente via no instrumento uma oportunidade para criar coisas novas. Eu gostava muito das músicas dos outros artistas, achava que ser intérprete era o máximo, porém a composição me atraiu muito nessa época e acabei desenvolvendo todo o trabalho em cima disso.

Minha primeira música de trabalho como artista solo foi Fica de 4, mas antes eu fazia parte de uma banda pra qual eu compus mais de 50 músicas, algumas trabalhadas outras não.

Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop
Ayach (foto: Balds)

Qual a mensagem que gosta de passar em suas canções?

Todos que já escutaram minhas músicas sabem que existe uma grande exaltação à mulher, sempre me coloco numa posição de admirador, de fascinação. Tem gente que não entende, acha que sou machista, mas pelo contrário, tanto que na primeira parte da música “Fica de 4”, começa “Ela era meu mundo, me fez perder tudo, me faz perder a calma, são os vícios da alma”, é toda uma atmosfera de fascínio.


Onde podemos escutar mais seu trabalho?

Todas as músicas estão nas plataformas digitais; os clipes, todos no Youtube. Pra esse ano temos muitas ideias para lançar vários clipes, com coisas completamente diferentes, trazendo coisas originais para cena musical do MS e do Brasil.

Siga Ayach nas Redes!
Instagram / Facebook / YouTube

Ayach tem 17 anos e já lança clipe com planos para carreira autoral no Hip Hop
Mais notícias