‘Nem sempre a vítima é a parte mais fraca’ diz juiz da Lava Jato sobre caso Neymar

Magistrado compartilhou o vídeo da briga entre o jogador e a modelo

O juiz responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, usou as redes sociais para se pronunciar sobre o suposto estupro de Neymar contra uma modelo brasileira, durante um encontro em Paris.

O magistrado compartilhou uma publicação do deputado federal Carlos Jordy divulgando o vídeo da briga entre Neymar e Nájila. Bretas classificou o caso como “preocupante” e disse que a denúncia deve ser apurada com rigor.

“Preocupante!
Suspeitas de fraude ou abuso de direito pela parte “mais vulnerável” devem ser apuradas com rigor, sob pena de deslegitimar as demais situações de efetiva vulnerabilidade.
Nem sempre a vítima é a parte mais fraca da relaçã[email protected]

Mais notícias