Publicidade

Fundador d’O Rappa, Marcelo Yuka, está internado em estado grave

Assessoria teria, em um primeiro momento, afirmado morte do músico, mas informação ainda não se confirmou

Marcelo Yuka, músico e compositor que ajudou a fundar a banda O Rappa, está internado com quadro de infecção generalizada, no Hospital Quinta D’Or, Zona Norte do Rio de Janeiro. Marcelo Lobatto, amigo pessoal do artista, afirmou pelas redes sociais que Yuka havia falecido, mas a informação não foi confirmada pela assessoria do músico.

Conforme noticiado pelo G1, no final da tarde desta sexta-feira, Marcelo Yuka está internado em estado grave. Em entrevista ao portal, o amigo e ex-produtor Luiz Fernando Barakat contou que Yuka sofreu um AVC (acidente vascular-cerebral) na quarta-feira (2). No meio do ano passado, ele já havia tido outro AVC.

Há 18 anos, Yuka acabou paraplégico ao ser atingido por 9 tiros quando tentou impedir um assalto na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Foi dois anos depois, em 2002, que o artista anunciou sua saída d’O Rappa e criou a banda F.UR.T.O. No ano retrasado lançou o primeiro trabalho solo intitulado “Canções para depois do ódio”.

Em seu perfil oficial do Instagram, Marcelo Lobatto, um dos sócios da Na Moral Produções, confirmou o falecimento de Marcelo Yuka. “Valeu Yuka! Obrigado por tudo! Sentiremos eternamente a sua falta”, disse Lobatto.

A confirmação da morte ainda não foi feita oficialmente, nem pela assessoria de imprensa, nem pelos familiares. O colunista Leo Dias divulgou que, a princípio, a assessoria da banda chegou a confirmar a morte. No entanto, após contato com a família de Yuka, veio uma nova confirmação: ele está internado em estado grave, mas ainda vivo.

Leo dias ainda complementou publicando que, segundo a família, Yuka está no Quinta D’Or, onde deu entrada há 15 dias, para tratar infecções. O quadro do músico piorou desde então, e nesta sexta-feira ele sofreu um AVC. E por fim, Marcello Lobato confirmou a informação ao se despedir do amigo.

Mais notícias