Publicidade

Feijão está caro? Saiba como substituir alimento por opções mais em conta

Nutricionista ensina receitas para quem não abre mão de um "caldinho" no prato

A combinação perfeita de arroz e feijão é sagrada na mesa da maioria dos brasileiros, mas nos últimos meses, o aumento do feijão tem feito com que o alimento vira artigo de luxo na mesa de muitos sul-mato-grossenses. Para a conta do supermercado não ficar indigesta no final do mês, o consumidor pode substituir o tradicional prato brasileiro por opções igualmente saborosas e mais econômicas.

A consultora de alimentos Monyque Gomes explica que a troca também depende da aceitação, já que o alimento é patrimônio gastronômico cultural e não são todas as pessoas que abrem mão. A ingestão de arroz e feijão, na proporção de 3 para 1 respectivamente, faz tão bem para a saúde que foi reconhecido pelo Ministério da Saúde e incluído no Guia Alimentar Brasileiro.

Foto: Arquivo Pessoal

Os alimentos equivalentes, no grupo alimentar das leguminosas, como lentilha, soja, ervilha e grão de bico oferecem um aporte nutricional similar ao feijão, mas os clientes devem ficar atentos aos preços nas gôndolas.

A melhor alternativa nessas épocas de disparada nos preços, segundo a proprietária da Nutri Vital, é trocar o feijão carioca pelo feijão preto, que graças as possibilidades de importação nesse período mantiveram os preços mais acessíveis.

A nutricionista também lembra que a ervilha é uma pedida saborosa e possui valores bem menores. Além disso, o alimento pode ser preparado de diversas formas, tantos nos dias quentes como nos mais frios. O interessante da semente é que ela possui vitamina C, que combate os radicas livres – responsáveis pelo envelhecimento das células.

No caso de optar pela troca do feijão por outra leguminosa e não perder o valor de ferro, por exemplo, pode-se associar qualquer alimento com grãos e cereais integrais, espinafre, vegetais verdes escuros e beterraba.

“Quanto mais colorido o prato mais chances de ter dado certo”, lembra Monyque.

Confira algumas receitas elaboradas pela nutricionista e consultora de alimentos

Guisado de ervilha

Rendimento: 04 porções

Ingredientes:

1 1⁄2 copo americano de ervilha,
3 dentes de alho,
1 cebola roxa pequena,
1 copo americano de molho de tomate,
Azeite para refogar,
Sal e temperos a gosto,
Água o quanto baste.

Modo de preparo:

Pique o alho e a cebola, coloque-os para dourar com bastante azeite e em seguida despeje a ervilha já lavada, misture bem e adicione água até a altura dos grãos na panela, coloque um pouco de sal.

Deixe cozinhar em fogo médio com a panela entreaberta até que a água esteja quase seca. Prove para verificar se a ervilha está macia, caso seja necessário adicione mais água aos poucos até que a ervilha fique macia.

Quando a ervilha estiver macia, adicione o molho de tomate e os temperos, deixe cozinhar mais um pouco e pronto.

Creme de batata, frango e ervilha

Rendimento: 02 porções.

Modo de preparo:

Coloque 6 batatas picadas para cozinhar em água fervente com 1 tablete de caldo de galinha. Enquanto isso faça um refogado com 1 xícara de frango desfiado, 1 dente de alho picado, 1/2 xícara de ervilhas frescas, sal e pimenta.

Retire as batatas da água quando estiverem bem macias e amasse, como se fosse fazer um purê. Junte 1 colher (sopa) de manteiga para dar mais cremosidade. Fora do fogo e aos poucos vá adicionando a água do cozimento e mexendo até chegar no ponto de creminho leve. Acerte o sal, se quiser pode adicionar umas ervinhas de sua preferência.

Na hora de servir, coloque uma porção do refogado de frango com ervilha em cada porção.

Tropeiro de ervilha

Ingredientes:

1 xícara de chá de ervilha seca,
2 colheres de sopa de bacon picado,
2 colheres de sopa de cebola bem picada,
1 colher de sopa de salsa,
2 folhas de louro,
2 colheres de chá de sal,
2 colheres de sopa de farinha de mandioca.

Modo de preparo:

Lave a ervilha seca e em seguida coloque numa panela com água as folhas de louro e o sal e deixe cozinhar até que fique macia. (Base de 35 a 40 minutos) Cozinhe em fogo médio/baixo e em uma panela de borda alta porque a ervilha faz uma espuma quando esta cozinhando.

Enquanto isso, em fogo médio/baixo frite o bacon em cubos e quando estiverem crocantes, acrescente a cebola picada e deixe até que fique um pouco aloirada. Escorra a gordura excessiva e reserve.

Depois que as ervilhas estiverem cozidas, escorra, misture ao bacon, coloque a salsa picada, a farinha de mandioca e misture.