Dono da Fazenda Taboco, Renato Alves Ribeiro se despede do Pantanal aos 101 anos

Pecuarista vivia com a esposa em Campo Grande

Um dos pecuaristas mais famosos de Mato Grosso do Sul morreu em casa, no final da manhã desta sexta-feira (16), em Campo Grande. Renato Alves Ribeiro vivia em uma UTI móvel, montada dentro de casa, após complicações de saúde.

Empreendedor na pecuária sul-mato-grossense, Renato Ribeiro era dono da centenária Fazenda Taboco, na região do Pantanal. O engenheiro agrônomo também compartilhou suas lembranças ao escrever o livro “Taboco – 150 anos: balaio de recordações”, publicado em 2010.

Pai de José Alves Ribeiro Neto e Rosa Maria, ambos já falecidos segundo o portal O Pantaneiro, o empreendedor era padrasto do prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro. A família do pecuarista fez história e consolidou o nome na região pantaneira. Renato Alves Ribeiro era neto do coronel José Alves Ribeiro, o coronel Jejé – um dos fundadores do município de Aquidauana, e filho de José Alves Ribeiro, o coronel Zelito.

O velório será neste sábado (17), no Cemitério Parque das Primaveras.