‘Cafemática’: Professor de MS cria canal do Youtube para tirar dúvidas e ensinar matemática

Termo surgiu durante os intervalos do curso de Licenciatura em Matemática da UFMS

Todo aluno tem uma matéria que ele torce o nariz. Na maioria das vezes, as disciplinas que lidam com cálculos são as grandes vilãs e assombram os boletins escolares. Para desmistificar a ideia de que a matemática é complicada e muitas vezes “chata”, um professor de Aquidauana criou um canal no Youtube onde ensina de forma prática os principais conteúdos da matéria. A ideia é também utilizar os meios da galera conectada para tirar dúvidas, resolver questões de concursos e facilitar o aprendizado 2.0.

Era embaixo de uma árvore, durante os intervalos vespertinos, que alunos dos primeiros semestres do curso de Licenciatura em Matemática da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) se reuniam para tomar café e conversar sobre a vida. Certo dia, os estudantes decidiram que o seleto grupo precisava ter um nome e surgiu, pela primeira vez, o termo “cafemática”.

A união das duas paixões, café e matemática, virou pouco tempo depois o projeto do atual professor Fernando da Silva Batista. “Infelizmente o grupo se desfez e ocorreu o que costuma ocorrer nos cursos de exatas pelo país: um alto índice de desistência. Das reuniões restaram os laços de amizades e, da minha parte, o nome.”

A ideia de juntar o fácil acesso às redes com uma dinâmica mais leve que as convencionais de sala de aula deram início, em 2015, ao projeto Cafemática no Youtube. Os primeiros vídeos gravados foram durante o mestrado de Fernando e abordaram temas como números binários, equação algébrica e vetores. A divulgação do material captado de forma caseira era ajudar e ensinar o máximo de estudantes e professores.

“os alunos já utilizam há alguns anos a internet como ferramenta de estudos. Sinto que é nas redes que preciso estar, pois é onde o público procura auxílio.”

(Reprodução, Youtube)

A periodicidade da publicação dos vídeos começou cerca de 2 anos depois do lançamento do projeto, em 2018, quando o professor decidiu liberar 1 por semana, sempre às quartas-feiras. Além da compreensão da matemática, o canal começou a abordar temas de programação. Python, HTML, Javascript, C++ e LaTeXsão alguns dos assuntos que Fernando abraçou no Cafemática com a intenção de preparar seus seguidores para o mercado de trabalho.

 

“Para muitas profissões é importante saber o elementar sobre o assunto e ao meu ver, para nós professores, é fundamental que estejamos atentos à essa necessidade”, explica.

A dedicação de Fernando fez o Cafemática se tornar também o destino de concurseiros. Em um dos vídeos, o professor ensina e resolve os exercícios do concurso da Polícia Civil de 2017. Democrático, até os calouros conquistaram lugar no clã e foram instruídos com “3 dias de como começar bem na Faculdade”. O material foi se profissionalizando com o passar do tempo e ganhou uma repaginada tecnológica nas gravações.

“Acredito que há espaço para todos os tipos de público e conteúdo na internet e meu maior sonho com o Cafemática é conseguir alcançar um número expressivo de pessoas interessadas em aprender aquilo que me disponho a ensinar. Afinal, em um país onde as pessoas sentem minguar a esperança de uma vida melhor a cada dia que passa, nunca é demais lembrar que ‘não há conhecimento que não seja poder’.”

Veja um dos vídeos do Cafemática: