Academia Sul-Mato-Grossense de Letras difunde a literatura regional no FASP

Festival tem início nesta quinta-feira (14) em Corumbá

A Academia Sul-Mato-Grossense de Letras participa da 15ª edição do Festival América do Sul, que começa nesta quinta-feira (14) em Corumbá, para difundir a literatura produzida no MS. Na tarde de quarta-feira (13), acadêmicos da ASL conversaram com jovens do 8º e 9º anos da Escola Municipal Pedro Paulo de Medeiros, apresentando autores regionais em registros que contam a história do Estado. Nesta quinta, às 14h, o papo será com estudantes do 4º e 5º anos do Colégio Imaculada Conceição (Cenic). Às 15h, será aberto oficialmente o estande da ASL no Festival.

Na visita às escolas, o presidente da ASL, escritor Henrique de Medeiros, fala sobre a história da nossa literatura e relembra a obra de escritores que abordam a linguagem regional, como Manoel de Barros, Hélio Serejo, Abílio de Barros e Pedro de Medeiros. Junto de Henrique, outros enredos são contados pela escritora e ativista cultural Lenilde Ramos, recém-empossada na cadeira 31 da ASL e também com a participação do acadêmico Samuel Xavier Medeiros. Para encontrar o trio de escritores, basta ir até o estande da Academia, no pavilhão montado na Avenida General Rondon.

“Vislumbramos uma excelente oportunidade de trazer a arte literária para um grande evento que reúne todas as artes nesta cidade que é celeiro da cultura sul-mato-grossense”, celebrou Henrique de Medeiros. Assim, segundo ele, faz-se cumprir o papel da instituição em popularizar, difundir e fomentar a arte da escrita, a partir de uma agenda anual que inclui eventos na Capital e palestras no interior.

“Tivemos uma recepção que superou expectativas, tanto pelos alunos, quanto pela equipe de educadores, em um encontro muito produtivo”, conta Lenilde – que ajudou na construção de um expressivo panorama sobre a literatura da terra, além de detalhar a estrutura, atuação e abrangência da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras no cenário cultural. O objetivo principal, conforme o acadêmico Samuel Medeiros, “é incentivar a prática da leitura e expressar a criatividade por meio das palavras”.

Em Corumbá, as atividades da Academia previstas para os próximos dias incluem, além de visitas a escolas, bate-papo com autores, sorteio de livros, e exposição de obras literárias regionais com preços populares no estande da ASL, aberto até o próximo domingo.

Avenida da Latinidade – Nos pavilhões e estandes, o público terá acesso das 15h às 23h, para visita e comercialização de produtos de artesanato, artes plásticas e literários do Estado e dos países convidados. O espaço Mostra MS destina-se à exposição e comércio de produtos originados do Estado dos setores criativos das artes visuais, design, modas sustentável, gastronomia regional, saberes tradicionais e editorial.

Mais notícias