Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema cativa com imagens de animais

A elegância das onças pintadas e pardas, a fofura das capivaras, a majestade do tuiuiu e até o andar de uma anta andam cativando usuários do Facebook na página do Pevri (Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema). Postando flagrantes belos e interessantes da fauna, a fanpage conquistou até o momento mais de 2,8 mil seguidores.

O número pode não ser tão expressivo se compararmos com figuras públicas, celebridades ou até outros espaços físicos, mas na opinião do gestor do Pevri, Reginaldo Oliveira, a quantidade de seguidores é expressiva por se tratar da página de uma unidade de conservação.

As fotos e vídeos de aves e mamíferos são captadas, por vezes, pelos próprios funcionários do parque, com suas câmeras. Outras imagens, principalmente as noturnas, são feitas com “armadilhas fotográficas” instaladas em pontos estratégicos.

“Quando temos a sorte de vermos algum animal, a gente filma e tira foto. As armadilhas fotográficas são colocadas em locais que percebemos ser corredores de animais”, explica Reginaldo. O parque dispõe de 4 equipamentos, sendo que um deles foi doado pela WWF (World Wide Fund for Nature, organização não governamental internacional que atua nas áreas da conservação, investigação e recuperação ambiental).

Coruja suindara, ou coruja-das-torres. | Foto: Reprodução/Facebook

Além da divulgação do material através da rede social, o propósito do compartilhamento dos vídeos e fotos é tocar a população. “Quem vê acaba querendo conservar. Ajuda a fortalecer a ideia de conservação e de que o parque tem sua utilidade”, afirma Reginaldo. As imagens ajudam também a “fazer levantamento da diversidade e quantidade de animais que vivem na unidade de conservação. Muitos deles só tem vida noturna”, acrescenta o gestor.

Reginaldo informa ainda que em breve as câmeras “escondidas” terão outra utilidade. O equipamento será instrumento de um projeto de pesquisa e servirá para registros científicos.

Pevri – O Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, ligado ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), foi criado pelo decreto número 9278 de 17 de dezembro de 1998. A área de 73.315,15 ha situa-se na bacia hidrográfica do Rio Paraná, no sudeste do Estado do Mato Grosso do Sul, entre as microrregiões de Iguatemi e Nova Andradina e abrange os municípios de Naviraí, Jateí e Taquarussu. Em outubro do ano passado a unidade de conservação foi atingida por um incêndio iniciado por um raio que queimou 20 mil ha.

Conheça a página do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema e confira abaixo alguns dos vídeos já compartilhados.

Brincadeira entre lobos guará

Lobo Guará

Cena inusitada no PEVRI, dois Lobos Guará "brincando" tranquilamente.

Posted by Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema on Wednesday, November 21, 2018

 

Onça parda dá o ar da graça

Onça Parda

Depois de nossa pausa por conta do periodo eleitoral, nada como voltar em grande estilo. Uma bela Onça Parda.

Posted by Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema on Thursday, November 1, 2018

 

Selfie da onça pintada

Não basta ser filmada, quer fazer selfie também!!!!!

Posted by Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema on Monday, October 2, 2017

 

Capivara amamenta filhotes

Capivara Amamentando

Momento Família, Capivara MamandoTrilha Sonora: Aves do PEVRI

Posted by Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema on Monday, February 6, 2017


Fale MAIS!

O que você gostaria de ler no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.
Siga a gente no Instagram – @midia_mais_

Mais notícias