MidiaMAIS

Prêmio Onça Pintada apresenta grupos locais e de fora em grande espetáculo

Evento começa hoje e vai até o dia 28

Daiane Libero Publicado em 25/05/2016, às 14h48

None
12417899_792898204187816_9048229562223180180_n.jpg

Evento começa hoje e vai até o dia 28

Prêmio Onça Pintada apresenta grupos locais e de fora em grande espetáculoComeça hoje em Campo Grande a terceira edição do Prêmio Onça Pintada e Mostra de Dança Clássica e Danças Populares, no Teatro Glauce Rocha, a partir das 19 horas. Com abertura dos grupos Tribo Indígena e Cia. Brasileira de Danças Clássicas de São Paulo, em apresentação conjunta de "O Lago dos Cisnes", o evento vai até o dia 28 de maio e trará grupos de todo o Brasil para dançarem em palco sul-mato-grossense. 

A organizadora do evento e bailarina Neide Garrido explica que o evento homenageia a fauna pantaneira e pretende realizar um intercâmbio entre grupos de MS e de outros locais, além de trazer convidados de renome na dança. "A ideia deste projeto nasce de reflexões e de análises, considerando que poucas ações têm sido direcionadas ao incremento da dança clássica, bem como a valorização e preservação da cultura popular através da dança", informa. 

A primeira edição do prêmio aconteceu em 2012. "Em 2012 (o prêmio) ofereceu ao público espetáculos de qualidade, estimulando assim uma plateia crítica e interessada. Nesta terceira edição estará aumentando o quantitativo de participantes e aumentando os valores das premiações, e oferecendo um novo espaço de cunho profissional com a realização de oficinas", reitera Neide. A dança folclórica e danças árabes também encontram espaço no evento, além do clássico. 

Convidados

Durante todo o prêmio, o evento recebe a presença de convidados e jurados de fora do MS, como a diretora de balé Carla Bublitz, do Rio Grande do Sul, e o dançarino e coreógrafo Tarik, de São Paulo, considerado o melhor bailarino de danças árabes folclóricas do Brasil. O evento convida também professores, solistas e diretores de dança de Minas Gerais e do Uruguai. 

Após a abertura, na noite desta quarta-feira, as apresentações serão do Ballet Adulto Allegro Estúdio de Dança e Ballet Isadora Duncan, de Campo Grande, danças árabes com o grupo Hana Aysha, Academia de Ballet Anna Pavlova de Dourados, Escola de Dança Gisela Dória, também da Capital, grupo de dança Naíma, entre muitos outros. O grupo Gopak, de São Paulo, especializado em danças clássicas, também realiza solo masculino hoje. 

SERVIÇO – O Teatro Glauce Rocha fica no campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Ingressos custam R$ 20 e R$ 10 com meia-entrada. Informações: (67) 3383-3219.   

Jornal Midiamax